a vida quer

Quantidades industriais de amor é o que desejo neste Natal para todos.

Com amor não há como sentir falta de mais nada, porque o amor nos move em direção à generosidade, serenidade, preservacionismo, solidariedade, liberdade, respeito mútuo (e auto-respeito), criatividade, resiliência, empreendedorismo, além de eliminar a necessidade de discutir e depois perdoar.

ferias-natal-20084

Adoraria ter pensado em alguma imagem bela para postar aqui hoje, mas estou oficialmente afastada do computador e deixarei esta dívida com os leitores. Fica uma montagem com fotos feitas ontem (no celular) e o link para vídeos toscos do Natal em família no Qik, um aplicativo de streaming que estou testando no nokia E71 há alguns dias – e que, confesso, é viciante.

😉

Abraços e feliz Natal.

P.S. Estou em Curitiba para as festas e, embora apareça online o tempo todo, não estou realmente conectada. Usar computador emprestado dos filhos é complicado e, para ajudar, além do inverter cable do HP que quis me dar férias forçadas (meu companheiro de trabalho está em férias na casa da @mariacarol), antes de ontem caí na escada e machuquei o pulso e o cotovelo. Enfim, tudo está realmente conspirando para que eu fique longe da internet e, conseqüentemente, do trabalho!

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas