destaque / educação / empreendedorismo

filhos samegui premio favela app em heliopolis

Junte filhos adolescentes em férias escolares e uma mãe que sempre tenta oferecer oportunidades fora de série para que eles descubram o mundo real, se apaixonem por ele e encontrem empatia nas pessoas.

Nesta conjuntura familiar a gente recebeu em casa a visita do amigo Renê Silva, do Voz da Comunidade (sobre o qual já falei no blog, contando do trabalho dele no Complexo do Alemão) e soubemos que ele seria jurado num concurso de Apps que o Facebook fazia na favela de Heliópolis.

A gente foi conferir e foi ótimo!

jurados premio favela app facebook unas heliopolis

(os jurados)

O primeiro Prêmio Favela App faz parte do projeto Facebook na Comunidade e desafiou moradores de Heliópolis participantes do projeto a criarem um aplicativo que oferecesse novos serviços para beneficiar a favela bairro. É uma verdadeira cidade, então avaliem que muita gente foi beneficiada.

O evento aconteceu na Quadra da UNAS e contou com a apresentação dos aplicativos e votação pelo público presente, além da aprecição da banca de especialistas.

premio favela app facebook unas heliopolis

O vencedor foi o “Saúde na Comunidade”, um aplicativo criado por cinco jovens da comunidade que promete facilitar a vida dos moradores em Heliópolis quando precisarem de um médico.

Mas olha, gente, estava bem difícil escolher. O CESV (que permitia fazer denúncias de problemas no bairro, exigindo serviços públicos, como atendimento da Sabesp e Eletropaulo) era muito bom. Espero que este, como o Helipajobs, que oferecia cadastro de candidatos a empregos na região e de vagas de trabalho e o Helipoint, um foursquare para os pontos de encontro (bares, restaurantes e eventos, como shows) da região, sejam bem sucedidos e emplaquem, pois eram todos ótimos.

O Prêmio FavelaApp foi organizado pelo Facebook em conjunto com a escola de programação MadCode. Os participantes receberam noções básicas de programação e mais quatro aulas para criar o aplicativo com a orientação de um professor da escola MadCode no Laboratório de Inovação do Facebook (que fica na rua Jovens do Sol, 128, dentro da comunidade de Heliópolis, perto do bairro do Ipiranga, em São Paulo). Na ocasião, o diretor para micro e pequenas empresas do Facebook para América Latina, Patrick Hruby, disse que “o objetivo do curso de programação, que levou à criação desses aplicativos, era incentivar os jovens desenvolvedores a oferecer soluções simples e práticas para a própria comunidade”.

12374810_923539844349389_3390743190271540770_o

Lançada em março de 2015, a parceria entre a UNAS e o Facebook beneficiou mais de mil pessoas em Heliópolis com o laboratório de Inovação, que oferece atendimento a micro e pequenos empreendedores da comunidade, capacitando-os com diversas ferramentas para ampliarem seus negócios através da rede, assim contribuindo para o crescimento econômico local, além de ampliar a oferta de serviços e produtos aos moradores dentro da própria comunidade.

O Facebook já anunciou a expansão do projeto na Comunidade para o Rio de Janeiro, em parceria com a Central Única das Favelas (CUFA), começando por um projeto que funcionará na sede da associação em Madureira, onde já funciona um Laboratório de Inovação, além da Facekombi, a central itinerante de capacitação que vai percorrer dez favelas, até junho de 2016, para ajudar empreendedores a aproveitar as oportunidades trazidas pelo Jogos Olímpicos no próximo ano.  Pela presença do Renê, tenho fé de que este projeto logo chegue também ao Alemão.

🙂

Facekombi


Estatísticas