Fake and real

Max escreveu sobre o ataque dos fakes assassinos e tinha link para o post Criações. Ele é uma das pessoas que me faz pensar, no seu Pequeno Inventário de Impropriedades. Os textos sobre fakes são interessantes, como sempre, tratando de um tema que é subestimado no Brasil, o da falsidade ideológica na internet.  Mas falam também do que atrai as pessoas, física ou psicologicamente. O que faz uma pessoa falsa ou real atrair você? Karyne comenta este tema no post Atratividade física.

P.S. Dois amigos (virtuais, não reais, por enquanto) estão num projeto em comum, não posso deixar de citar: Kaká está escrevendo diariamente no Meu Veneno, agora no condomínio que Helton monta no HiTechLive. Desejo boa sorte aos dois, união de pessoas por quem torço com sinceridade.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.