bem estar / cidadania

campanha santa casa waiting ticket

Imagine a cena: você está no supermercado ou na padaria, vai pegar sua senha para a fila de espera e o número que pega é gigantesco, algo como 27.951. Pois algumas pessoas foram mesmo impactadas por esta angústia momentânea numa ação de marketing de guerrilha que a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo fez e que trazia a pergunta:

Se a espera já soa inquietante para quem quer apenas comprar um pãozinho, como devem se sentir os que aguardam pela doação de um órgão? 

Alguns estabelecimentos paulistanos encararam o desafio e trocaram os papeis de suas máquinas de senhas que organizam por outras que simulavam a colocação de um paciente na espera por doação de órgãos como córnea, rim e fígado. Nesta “brincadeira”, os clientes que estiveram nestes locais no mês de março foram surpreendidos com números que continham um número altíssimo e a mensagem:

“Esta seria sua posição se você estivesse na fila para receber um órgão. Seja um doador de órgãos. Comunique sua família”.

Intitulada “Waiting Ticket”, a ação tinha a assinatura “Evite filas. Doe órgãos”. A Criação foi de Leon Valente e Marina Erthal, com direção de Criação de Rui Branquinho e Flavio Casarotti. A Y&R atende voluntariamente a conta da Santa Casa desde 2004 e merece a repercussão (também voluntária) neste post porque o blog @avidaquer apóia campanhas de doação de sangue, órgãos e tecidos. E eu sou doadora, inclusive de medula óssea.

Vai, Doa! no Desencontro…

E hoje, 30/03, a doação será tema do debate Os desafios do ativismo digital na era dos recolucionários de sofá no Desencontro 2012, evento do qual participo em Fortaleza, CE. Com moderação de Ana Carolina Moreno, Preto Zezé (CUFA), Carol Rocha (@TchulimTchulim/ Vai Doa), Renê Silva (A Voz da Comunidade), Conceição Oliveira (Maria Frô) conversarão sobre o tema. Estarei lá e espero encontrar respostas para a pegunta:

Em tempos sem grandes utopias, podemos dizer que vivemos a era do Long Tail também no ativismo digital, com pequenos grupos se mobilizando em torno de várias pequenas grandes causas?

Posts relacionados:

Você pode gostar também de ler:
Lembram-se do filme Uma noite no museu? Inspirado na ideia, o Serviço Educativo do Museu
Quando as novas regras para o transporte de crianças entraram em vigor festejei e apoiei a iniciativa
Nesta manhã estarei num evento que debate o que considero ser o coração deste blog:
Os pintores impressionistas encontram na cidade de Paris o grande emblema da modernidade. Mesmo quem
Mania de muita gente, o uso de filtros para as imagens que compartilhamos na internet
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas