Estante virtual

Little Readers por você.

Incentivar o hábito de leitura dos filhos é uma preocupação de muitos pais. Acontece que, diante de tantas novidades e lançamentos do mercado editorial infanto-juvenil é comum que os pais se perguntem: como escolher?

Como lemos muito em casa, recebendo inclusive lançamentos de editoras para opinarmos sobre as obras, frequentemente recebo mensagens de amigos ou leitores me pedindo dicas de leitura para seus filhos. Algumas eu já postei aqui, outras viraram Desabafos de Mãe, a maioria fica na conversa pessoal, mas, enfim, percebo que é sempre nestas trocas de idéias que se descortina um mundo novo e bom para nós.

Mas se você prefere garimpar sozinho, eu tenho um caminho das pedras. Na internet encontramos algumas alternativas para balizar esta escolha. Uma das sugestões que faço é o blog Ler para Crescer, que traz ótimas sugestões de literatura infantil e tem uma simpática lista chamada “sexta de três” que reune três títulos com o mesmo tema às sextas-feiras. Outro espaço que eu frequento (e na verdade eu criei)  é a comunidade chamada Pequenos Leitores no qual pais e mães sugerem e comentam livros que leram com seus filhos, num espaço agradável e familiar.

Para quem tem os filhos maiores, a alternativa é se informar sobre as obras antes ou durante a leitura. Mesmo que os filhos leiam sozinhos, não menosprezem a importâcnia de se informar sobre o livro ou revista que está na cabeceira ou mochila deles. No site Skoob (que descobri num post do Gattune) é possível trocar opiniões sobre livros já lidos através de textos opinativos sobre o livro (resenhas) que estarão na sua estante virtual. Funciona como uma rede de relacionamentos e há muitos livros juvenis entre os mais lidos. Fiz uma busca para Harry Potter e o Segredo de Azkaban e achei 20 resenhas de mais de 2600 leitores. O interessante do Skoob é que há também um espaço para concordar, discordar e replicar as resenhas já escritas. 😉

E tem propostas como O que elas estão lendo!?, que me inspirou a criar o Pequenos leitores. Nele podemos enviar uma critica do livro que acamos de ler, uma alternativa muito simpártica para quem não tem blog ou que tem um blog com tema específico no qual não cabem resenhas e dicas. 😉

Opinar e conhecer diferentes pontos de vista sobre a mesma obra pode ajudar muito a formar uma visão crítica no leitor, mas acima de tudo encontrar outros leitores dos mesmos livros (pessoas com quem temos afinidades) estimula o hábito de ler.

Boa leitura.

P.S. Outra opção é trocar livros: Trocando Livros: solução para sua pilha de livros na estante, site Troca de LivrosMooch com tradução em português: o maior site especializado em troca de livros agora em sua língua. 😉 E isso merece um post.

[update] Leitura atraente para os pré-adolescentes com dicas de livros para crianças de 8-12 anos. [/update]

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.