entretenimento / mãe

Dica para quem gosta de visitar museus e pensar as manifestações culturais com as crianças. No Museu da USP está em cartaz “Escultura Aventura – Arte que (quase) se move“, uma opção de lazer e aprendizado durante as férias que tem inspiração em livro da curadora da mostra, Katia Canton, promete ser “uma exposição lúdica destinada a grupos escolares e famílias, crianças e adultos, na qual todos possam interagir com as obras e ampliar seus conhecimentos”.

Segundo a assessoria do museu, na exposição o visitante vai encontrar uma coleção das mais importantes esculturas que compõem o acervo do MAC, podendo apreciar obras de Umberto Boccionni, Alexander Calder, Jesús Rafael Soto, Barrão, Mary Vieira, Luiz Hermano – e, assim como no livro, poderá se aventurar pelo mundo mágico da arte e conhecer, desde os desenhos rupestres da pré-história, passando pelos vários períodos artísticos até a Pós-modernidade.

No livro Escultura Aventura (editora DCL), Katia transmite aos leitores a sensação de que as esculturas podem ser vistas, tocadas e vestidas, mote que está presente também na exposição, que permite ao visitante a constação de que as obras de arte despertam a sensação de movimento – o que é mesmo a cara das crianças e o grande empecilho para levá-los a museus! São dez esculturas, uma variedade de textos, com questões e sugestões de atividades, além de um ateilê lúdico in loco.

“A partir do móbile de [Alexander] Calder, passando por um homem prestes a marchar em Formas únicas da continuidade no espaço, de Umberto Boccionni, chegando a uma mala, de José Carratu e a uma escada apoiada com carrinhos, de Barrão, o espaço parece querer se mexer”, adianta a curadora.

A exposição fica em cartaz no MAC USP da Cidade Universitária (Rua da Praça do Relógio, 160, Cidade Universitária, São Paulo – SP) até janeiro de 2012, de terças a quintas, das 10h às 20h. Nos domingos e feriados, o horário é das 10h às 18h. A entrada é franca.

P.S. E se você não mora em Sampa e não poderá vir para cá até janeiro de 2012, sempre pode apresentar o tema para as crianças usando o livro. 😉

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas