bem estar / destaque

O cuidado com a postura deve se estende aos computadores, notebook, videogames

Dores e incômodos nas costas, dificuldade para respirar e alterações na posição regular dos ombros e quadril são fortes indícios de problemas na coluna. Em muitos casos, o diagnóstico é a deformidade na coluna vertebral, que pode se apresentar de diversas formas como, escoliose.

Isso mesmo, aquele problema de saúde que a gente achava que era das mochilas pesadas e excessos assim, agora podem ser relacionados à postura diante dos aparelhos eletrônicos portáteis.

 

Já reparou quantas horas por dia você fica com o pescoço inclinado mexendo em um tablet ou celular?

 

O Dr. Alexandre Paiva, médico ortopedista especialista em medicina esportiva, traz muitas informações sobre escoliose.

A maioria dos casos é agravada por outros problemas de saúde, hábitos e comportamentos.

Obesidade, sedentarismo e postura inadequada aparecem na lista de fatores de complicação.

Na população, a média é de 7 mulheres para cada 1 homem afetados pela escoliose.

Entre os adolescentes, a escoliose não costuma gerar dor. Por essa razão, contamos com a observação e análise de professores de educação física e pediatras.

Segundo o médico, essa deformidade se apresenta em três formas:

  1. idiopáticas (sem razão aparente)
  2. neuromusculares (desequilibrios neurológicos ou musculares)
  3. congênitas (que nasceu com o indivíduo)

Atenção!

Você não sente nada e, de um dia para o outro, começa a ter dores. Ao investigar, por meio de exames de imagem (raio-x), um diagnóstico pode surgir: a escoliose idiopática, problema que corresponde a 70% das deformidades da coluna.

O tratamento inclui fisioterapia e outras atividades físicas, uso de coletes ortopédicos para minimizar o desenvolvimento da deformidade vertebral durante o crescimento e, em algumas situações, medicações.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas