destaque / educação / empreendedorismo

encceja-exame-nacional-de-certificacao

Você conhece alguém que gostaria de completar os estudos, ter um certificado de conclusão do Ensino Médio ou Ensino Fundamental, mas não quer fazer Supletivo ou ENEM?

Indique  certificação Encceja do Ministério da Educação – MEC, a prova que dará o certificado para quem não teve oportunidade de concluir seus estudos em “idade própria”.

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) é um exame gratuito e de participação voluntária ofertado aos jovens e adultos residentes no Brasil e no Exterior.

Como assim, Sam?

Desde 2009, com a instituição do Enem, o Encceja passou a ser realizado como certificação apenas do Ensino Fundamental, já que a certificação do Ensino Médio era realizada com os resultados do Enem. Porém, com as mudanças do Enem, que já estavam previstas e recentemente foram publicadas pelo MEC através de uma portaria do Diário Oficial da União, o Encceja volta em 2017 a ser a realizado como certificação do Ensino Médio.

Substitui o ENEM?

A partir deste ano, com a publicação da Portaria nº 468 de 3 de abril de 2017, os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio não poderão ser utilizados para fins e certificação do Ensino Médio. Dessa forma, o Encceja passa a ser ofertado para participantes que desejam certificado (o diploma) de conclusão do Ensino Médio e do Ensino Fundamental tanto no Brasil quanto no Exterior. O participante deverá optar pelo nível de Ensino que deseja obter o certificado no momento da inscrição.

Quanto custa?

A participação no Encceja é voluntária e gratuita, destinada aos jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na adolescência. 

Quem pode fazer?

No Brasil e no exterior, o exame pode ser realizado para solicitar a certificação no nível de conclusão do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

A prova é destinada ao público com no mínimo 15 (quinze) anos completos na data da prova para o Ensino Fundamental.

Já para o Ensino Médio, os interessados podem solicitar a certificação desde que tenham no mínimo 18 (dezoito) anos completos na data da prova.

O Exame tem provas estruturadas da seguinte forma:

a) Para o Ensino Fundamental: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e uma proposta de Redação; Matemática; Historia e Geografia; Ciências Naturais.

b) Para o Ensino Médio: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e uma proposta de Redação; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias.

As áreas do conhecimento foram estabelecidas a partir do currículo da Base Nacional Comum, de acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s).

O participante poderá solicitar o aproveitamento dos resultados de uma ou mais áreas de conhecimento avaliadas em quaisquer edições anteriores do Encceja, do Encceja Exterior e do Enem, desde que estejam dentro dos critérios estabelecidos nos Editais.

É mais fácil ou mais difícil do que o Enem?

Diferentemente do Enem, que tem como principal objetivo testar os conhecimentos dos participantes sobre o domínio dos princípios científicos e tecnológicos, o Encceja é um exame que quer medir as competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos. É um Supletivo do Ensino Médio que testa os candidatos pelo conhecimento aplicado às coisas da vida, do cotidiano. Os conteúdos da prova de Certificação do Ensino Médio são praticamente os mesmos do Enem, mas com foco no dia a dia.  

Como estudar?

Alguns sites, como o Curso Enem Online, são gratuitos e oferecerem os mesmos conteúdos do Encceja, ajudando a estudar para obter o Certificado do Ensino Médio para seguir adiante.

Quantos pontos precisa para passar no Encceja?

A nota máxima é de 180 pontos, e se você fizer pelo menos 100, já passou. É como se a média de aprovação fosse a nota ’55’ numa pontuação de até cem pontos. E, na Redação, a nota vai até 10, mas a nota de corte, pra “passar”, é 5 (cinco), seguindo o mesmo critério da maioria dos Supletivos do Ensino Médio.

Como fazer a inscrição:

1. Visite o site do Encceja no portal do Inep: http://enccejanacional.inep.gov.br/encceja/#!/primeiroAcesso

2. Dados necessários: No primeiro passo, é preciso digitar o CPF e a data de nascimento. O sistema usa, assim como no Enem, uma verificação que exige que o candidato clique em uma figura para prosseguir.

3 . Complete seus dados pessoais: É preciso preencher o número do documento de indentidade, além de dados sobre filiação, estado civil e endereço.

4 . Atendimento especializado. No passo seguinte, você precisa informar se “Necessita de atendimento especializado para realização da prova”. Em caso positivo, precisa especificar qual a sua condição. Estão listados: Surdocegueira / Deficiência auditiva / Baixa visão / Deficiência física / Autismo / Discalculia / Cegueira / Surdez / Visão monocular / Deficiência intelectual (Mental) / Dislexia / Déficit de atenção

5. Atendimento específico:  No caso de atendimento específico, é preciso incluir a CID referente ao diagnóstico médico.

6. Prova. Nesta etapa, indique o nível para o qual deseja obter certificação. É possível escolher entre ensino médio ou fundamental. Atenção nesta etapa: aqui você poderá escolher quais provas pretende fazer.

Caso seja sua primeira tentativa de certificação, é preciso escolher todas:

  • Prova I – Ciências Naturais
  • Prova II – História e Geografia
  • Prova III – Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna Artes, Educação Física e Redação
  • Prova IV – Matemática
Note bem: a opção de fazer apenas provas específicas é interessamente somente para alunos que já realizaram a prova em anos anteriores e obtiveram certificações parciais. Para conseguir o diploma, é preciso ter nota em todas as provas, ainda em que seja em edições anteriores.

Além disso nesta mesma etapa, é possível escolher a cidade onde quer fazer a prova. Nesta fase, a página aponta um aviso importante sobre alterações em dados: “Atenção: o município de realização de provas, a opção de nível de certificação e as provas selecionadas, poderão ser alteradas, apenas, durante o período de inscrição, das 10h do dia 07/08/2017 às 23h59min do dia 18/08/2017, na página do participante.”

7. Questionário: O Inep realiza um questionário socioeconômico semelhante ao que já foi visto em edições anteriores de exames como o Enem. São mais de 20 perguntas sobre renda, escolaridade e família. Esses dados são usados para traçar o perfil dos participantes e dar subsídios para políticas educacionais.

8. Contato e senha. Nesta última etapa você vai precisar de um telefone fixo, um celular e um endereço de e-mail. É nesta etapa final que você irá cadastrar uma senha. Ela deve ter o mínimo de 6 e máximo de 10 caracteres, podendo conter apenas números e letras, com distinção de maiúsculas e minúsculas.

Fique de olho nas datas em 2017:

Encceja Nacional:

  • Publicação do edital: 24 de julho
  • Inscrições: 7 a 18 de agosto
  • Aplicação: 8 de outubro
  • Locais de prova: Serão 564 locais distribuídos em todas as Unidades Federativas
    Encceja Nacional PPL
  • Publicação do edital: 7 de agosto
  • Adesão das unidades: 14 a 25 de agosto
  • Inscrições: 21 de agosto a 1º de setembro
  • Aplicação: 24 e 25 de outubro

Encceja para residentes no exterior:

  • Publicação do edital: 30 de junho
  • Inscrições: 3 a 17 de julho
  • Aplicação: 10 de setembro
  • Locais de prova: Estados Unidos (Boston e New York), Bélgica (Bruxelas), Guiana Francesa (Caiena), Portugal (Lisboa), Suíça (Genebra), Espanha (Madri), Reino Unido (Londres), França (Paris), Japão (Nagóia, Hamamatsu e Ota), Holanda (Amsterdã)
    Encceja Exterior PPL
  • Publicação do edital: 30 de junho
  • Inscrições: 3 a 17 de julho
  • Aplicação: 11 a 22 de setembro
  • Locais de prova: Guiana Francesa (Caiena) e Japão (Tóquio)

Saiba mais no site: http://portal.inep.gov.br/web/guest/encceja.

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas