cidadania

passagem aerea barata parcelamento de passagem aerea em ate 36 vezes pre pago viajar de aviao (1)

Na viagem de terça-feira para uma reunião no Rio eu notei isso claramente: a classe C invadiu os aeroportos. Não falo reclamando, pelo contrário, eu acho o máximo viver numa sociedade em que as desigualdades se reduzem e as pessoas são mais e mais iguais. E, como boa parte dos novos passageiros de companhias aéreas no Brasil, eu não cresci achando comum viajar de avião. 😉

Pensei imediatamente numa notícia que li no Valor Econômico, comentando que as companhias pretende ampliar suas ações de marketing para os chamados emergentes:

Em 2010, as companhias vão em busca de passageiros da “nova classe média”

A guerra tarifária que marcou o setor aéreo em 2009 é coisa do passado. Em 2010, as companhias vão partir para a disputa de passageiros no segmento que a Gol chama de “nova classe média”. Nessa batalha, a principal arma não será mais a redução de preços, que comprometeu a rentabilidade das empresas neste ano, e sim o crédito ao consumidor da classe C, com parcelamento de passagens em até 36 vezes.

Segundo a matéria, que teve repercussão em outros veículos, cada empresa tem sua estratégia, mas o fato é que três delas já anunciaram programas de oferta de crédito. Desde o Voe Fácil da Gol (lançado há quatro anos e responsável por 30% dos 26 milhões de passageiros embarcados no período) que agora passa a ter loja própria no Largo 13 de Maio (centro comercial popular no bairro de Santo Amaro na capital paulista), até a parceria da Webjet com a Vai Voando (que lançou um sistema pré-pago em 12 vezes para o consumidor que não tem nem conta bancária e montou um estande na entrada principal da maior feira de produtos nordestinos do Rio, em São Cristóvão), agora os clientes de companhias aéreas serão chamados mesmo fora dos aeroportos com alto-falantes e e viverão a tentação do crédito para viajar – a promessa é de aceitação todos os meios de pagamento, em até 36 vezes. Mesmo a TAM, que era sinônimo de “luxo” na aviação doméstica, parcela passagens em parceria com o Banco do Brasil – ações de marketing que Azul e Trip estudam assumir – atualmente suas vendas são limitadas ao parcelamento em seis vezes.

Nas duas viagens que fiz na semana passada – sexta eu fui novamente para o Rio, para o Dinner in the sky brasileiro –  eu testei uma das companhias aéreas que veio para atender este público, a Webjet. Sinceramente: exceto pela informalidade da tripulação (eles usam roupas confortáveis, diferente daquele visual bem formal das companhias), não senti grande diferença. E, curiosamente, pela primeira vez embarquei para um vôo doméstico em Guarulhos sem tomar o ônibus e embarcar no meio da pista! (hehehe)

Mas eu também notei, sem dúvida, que os aeroportos brasileiros ainda não estão em condições de assumir um aumento tão grande do fluxo de visitantes. Banheiros descuidados, filas imensas no check-in, indefinições sobre os portões de embarque e uma superlotação nos espaços de espera assustam e desanimam o consumidor. Além da mudança no sistema de vendas de passagens, é importante lembrar que o crescimento esperado para 2010 (de até 12% na demanda doméstica por passagens aéreas) pode (e deve) deixar mais visível a falta de estrutura dos aeroportos.

[update] A TAM comprou a totalidade das ações da Pantanal Linhas Aéreas por R$ 13 milhões, conforme fato relevante distribuído nesta segunda-feira.
[/update]
Você pode gostar também de ler:
Sempre tive o maior orgulho deste meu primo querido, o artista da família. Hoje Gilberto
“Com o trânsito cada vez mais caótico, profissionais em busca de qualidade de vida,  empresas
Sempre penso em postar aqui os registros rápidos que faço na cidade e que rendem
Hoje, como acontece geralmente nos finais de semana, #aos11 e #aos9 foram estimulados a pegar
Neste domingo a CicloFaixa chega à Zona Leste e, embora seja longe da Mooca (mais
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas