bem estar / destaque

  
Tá puxado suportar a segunda-feira?

Faça uma siesta! Se alguém reclamar da soneca, você pode dizer que foi recomendação médica 😉

Estou falando sério!

Um estudo apresentado durante a conferência anual da Sociedade Europeia de Cardiologia pela equipe do médico grego Manolis Kallistratos garante que um cochilo logo depois do almoço está associado à redução da pressão sanguínea, o que, consequentemente, diminui os riscos de um ataque cardíaco.

  
O universo pesquisado não é superexpressivo, mas também não é minúsculo. A pesquisa observou os efeitos dos cochilos no meio da tarde em 386 pacientes com hipertensão, com média de idade de 61,4 anos. Os pesquisadores descobriram que a média da pressão sanguínea diária daqueles que tiraram a siesta todos os dias era 5% menor em relação àqueles que dispensaram o sono pós-almoço. A siesta também influenciou nos efeitos causados no coração e artérias, diminuindo os danos causados.

(crédito da imagem: HOMEM TIRA ‘SIESTA’ EM CONSTRUÇÃO EM NOVA YORK, EM 1933)

Cardiologistas afirmam que mesmo a menor das reduções na pressão arterial já é suficiente para diminuir o risco de problemas cardiovasculares e a necessidade de remédios para combater problemas de pressão alta.

Acredita que essa recomendação pode melhorar?

O estudo também determinou que, quanto mais tempo a soneca da tarde levar, mais benéfica ela é para o organismo. Entre os participantes, aqueles que dormiram por uma hora apresentaram melhores resultados em relação à pressão sanguínea do que os que descansaram por apenas alguns poucos minutos.

Então, boa soneca! E longa vida!

😉


Estatísticas