Educação Digital: Imersão e Experiência nos Conflitos Globais

Está começando agora um encontro no qual eu esperava estar, mas que por motivos pessoais eu perderei. Me interessa sobremaneira porque envolve redes sociais, newsgame e ativismo na prática com alunos do Ensino Médio, num evento que marca o lançamento da plataforma “Conflitos Globais – América Latina“, um newsgame para as áreas de História, Geografia, Português, Relações Internacionais, Comunicação, Línguas Estrangeiras e Cidadania. É o primeiro serviço virtual que integra um jogo educativo às novas mídias, oferece suporte pedagógico para o Ensino Médio e promove ações presenciais.

A série de jogos Conflitos Globais foi desenvolvida pela empresa dinamarquesa Serious Games Interactive e se diferencia por utilizar temas reais para ensinar conceitos importantes, normalmente vistos de forma teórica e distante pelos alunos. Segundo li, a série já conta com três jogos: Child Soldiers, América Latina – o primeiro a ser lançado no Brasil – e Palestine. Todos têm como atrativos a história e a resolução de enigmas, envolvendo o jogador num mundo virtual e encarna o papel de um repórter que busca informações para escrever  uma matéria sobre os assuntos.

Exemplo? Quando o jogador tenta resolver o mistério quem assassinou a mulher na fronteira do México, ele recebe a informação real de que os Estados Unidos têm 12 milhões de imigrantes ilegais, o professor pode usar o jogo para discutir, estimular a pesquisa. Instituições de ensino terão preços especiais na compra do jogo, que custa cerca de 10 euros na Europa.

😉

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook