E-ponto: parada interativa e sustentável

Já pensaram em parar no ponto de ônibus e usar a rede de internet Wi-Fi disponível? O que parece distante, está prestes a acontecer na rua da Consolação em São Paulo.  A partir de quinta-feira um “laboratório” será montado por lá (na esquina com a av. Paulista). E as novidades não são só tecnológicas, várias novidades ligadas à sustentabilidade estarão presentes:

“Quando a umidade do ar estiver baixa, um climatizador tentará aliviar a sensação de desconforto no ponto. Quem não souber seu itinerário não precisará perguntar na banca de jornal -poderá usar um painel interativo, com tela sensível ao toque, que permite a consulta das linhas de ônibus.

Lixeira com sinal sonoro que “aplaude” quando alguém joga lixo no lugar correto, iluminação inteligente (que controla a luz conforme a presença de pessoas) e conexão Wi-Fi (sem fio) para celular também estarão por lá, no sentido bairro-centro. O acesso à internet ainda estará restrito às informações do próprio ponto de ônibus, mas a SPTrans (empresa municipal) ainda pretende abrir a consulta aos outros sites.”

As informações, que li aqui, foram apresentadas pela Tetis Engenharia e Tecnologia no 18º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito realizado pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Públicos), no Rio de Janeiro. Na ocasião a empresa (presta serviços de tecnologia à SPTrans, sugeriu testar um modelo experimental de ponto de ônibus sustentável e interativo, sem ônus à prefeitura.

A proposta começará na rua da Consolação, mas, em seguida, os equipamentos farão rodízio em outras regiões – avaliem que São Paulo tem 19 mil pontos! Batizado de e-ponto o local conta com uma TV para mostrar os horários dos próximos ônibus que funcionará de forma independente da rede de energia da Eletropaulo, utilizando painéis solares e um dispositivo no asfalto que captará a energia do movimento dos veículos, posteriormente armazenada e utilizada na iluminação noturna do ponto.

Parece ficção científica, mas estará ali, ao nosso lado, bem no caminho de muitos paulistanos. Prometo tentar conferir in loco e contar depois aqui, tá?

P.S. E já que falamos de Wi-Fi gratuito: no site Mapa Wi Fi podemos saber quais pontos estão próximos e disponíveis. #FicaADica.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook