mãe

kids-pc.jpg

Não sou fã do hotmail, na verdade sou fanática demais pelo gmail para usar qualquer outro e-mail, mas hoje descobri uma ferramenta interessante para gerenciar contas da família. Leia-se aqui “controlar os e-mails dos seus filhos”. Vale a pena ver a funcionalidade e seria excelente se meu querido gmail criasse algo assim.

Ainda não preciso me preocupar com a vida virtual dos meus filhos, mas creio que a preocupação dos pais é -ou deveria ser- grande neste aspecto. Tenho uma comunidade no orkut, ainda do tempo que meus filhos usavam a rede comigo, chamada eu coleciono hot wheels. Atualmente 43% dos 4 mil membros são meninos de 7-12 anos, segundo uma enquete que fiz na comunidade. As crianças usam o orkut (e a internet, creio) sozinhas e estão expostas às mensagens mais absurdas (algumas nocivas) divulgadas lá. Minha comunidade é moderada e eu controlo os posts com a ajuda providencial de alguns pais e mães, mas e quando não há este controle? Já pensaram nisto?

Falta um pouco de controle dos pais, o que me deixa de cabelo em pé. Alguns dos vizinhos de prédio são pré-adolescentes e descobriram que eu sou uma “tia” que gosta de internet. Outro dia um deles me trouxe o mp3 player para eu colocar umas músicas e resolvi ouvir o que tinha para sentir o gosto dele. Acabei ouvindo músicas com mensagens que achei indevidas e não tive dúvidas: ao devolver o mp3, avisei na frente da mãe: tem músicas aí (em inglês) cujas mensagens não acresentam nada. Melhor checar! Fui chata? Claro, mas salvei uma alma e continuo tendo um parceiro de mp3.

Você pode gostar também de ler:
  Esse texto é para você, que assistiu o filme e está fritando para ler
Aziz e Fatima Ansari em Master of None No mês das
A gravidez na adolescência teve uma queda de 17% no Brasil segundo dados preliminares do
Estudo comprova que a necessidade evolutiva de proteger o bebê expande habilidades das mães Uma
Ali Wong - Baby cobra Nesse final de semana vi "Ali
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas