E aconteceu o primeiro debate dos presidenciáveis na Era Twitter #eleicoes2010

“Acho engraçado falarem que “fulano ganhou o debate”. Que eu saiba debate é pra conhecer o candidato e não pra ganhar”.
(@donalilian)

Foi um marco: apesar de boa parte da população masculina estar ligada no jogo da Libertadores, ontem à noite a Band teve audiência boa (em horário ruim) durante o Debate dos Candidatos à Presidência. Segundo vi no Twitter do @uedious (que sempre informa os números do Ibope), às 22h44 a Band tinha 4,1 pontos contra 31,7 da Globo 31.7, 11,4 Record e 8,9 do SBT 8.9. Curioso notar que, destes “poucos” telespectadores sairam 4 termos que ficaram no TT (trending topics, os termos mais comentados no Twitter) mundial, exatamente os nomes dos candidados a presidente do Brasil presentes no debate: Plínio de Arruda Sampaio (PSol), Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV).


Não vou entrar no mérito de quem foi melhor ou pior, creio que quem viu o debate pode se afinizar mais com seu candidato favorito – ou até, como eu fiz, aproveitar para sentir as diferenças entre dois candidatos por quem nutre simpatia – e quem não viu vai ficar de olho no próximo debate para tirar conclusões. Foco mesmo na participação ativa que senti no Twitter e que, apesar de ter intervenções interessadas apenas em fazer piada (confesso que, coisa rara, eu deixei de seguir meia dúzia de pessoas que me tiraram do sério com sua falta de seriedade), no geral foi muito boa, inteligente, comprometida, empenhada em realmente participar desta situação democrática.

Teve muito mais gente ligada na reação do público ao primeiro debate da Era Twitter – e vale lembrar que as eleições municipais eu mesma já tinha estado em encontros com candidatos a convite da Bites, mas na época o Twitter não era um fenômeno como é hoje. Equipes do M&M Online e da iGroup monitoraram o desempenho das “marcas” dos presidenciáveis, oferecendo um widget com a performance dos candidatos em tempo real, concentrando os tuites mais recentes relativos ao evento da Band e o share positivo e negativo dos presidenciáveis.

Eu acompanhei estas medidas no Kingo Meter, ferramenta da Kingo Labs que atesta a eficácia das inserções de marketing de um determinado programa/evento e sua repercussão e foi usada para monitorar o debate de ontem. Veja na imagem abaixo o resultado obtido a partir do volume de comentários deixados sobre a marca no twitter, levando-se em conta fatores como período e horário de veiculação:


E se você quer ver como os eleitores 2.0 estão se comportando – e se comunicando – o BlogBlogs também disponibiliza numa página especial os tuites que usam a hashstag #eleicoes2010.

Ainda não decidi meu voto, mas deixo abaixo uma frase que me parece uma síntese do que nós todos buscamos ao acompanhar a campanha e pensar antes de decidir:

“Se cada um de nós não fizer a sua parte, seja de direita, esquerda ou centro, não teremos futuro”, diz Marina. #debateband

[Leia também 1º Debate On-line Presidenciáveis 2010]


Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook