Dormir pouco pode afetar a memória e o sistema imunológico

http://www.sxc.hu/photo/822092

Nesta semana falei sobre a importância do sono para a concentração de crianças e adolescentes e hoje volto ao tema aqui para comentar uma nota que li no G1. Segundo a reportagem, quando dormimos pouco ou mal o corpo percebe e (pasmem!) basta uma noite para que o organismo reaja de um jeito diferente.

O cérebro é o primeiro a sentir os efeitos. O sistema nervoso central fica todo desregulado. Os neurotransmissores responsáveis pelas atividades físicas, de memória e também pelo prazer ficam atrapalhados. Aí a memória começa a falhar, a pessoa fica mais desatenta. O coração também sente quando a noite é de pouco sono. Se a pessoa não dorme, o ritmo fica acelerado e há uma sobrecarga. Isso pode acontecer quando você tem problemas para dormir durante dias seguidos.

Especialistas em sono alertam também para mudanças no sistema imunológico porque a privação de sono diminui a defesa do nosso organismo e alertam: se foi inevitável dormir pouco, no dia seguinte tente fazer alguma atividade física logo ao acordar. A boa notícia é que vale repor no final de semana o sono atrasado (com aquela esticada preguiçosa na hora de levantar) porque parte da fisiologia que foi atrapalhada pela restrição de sono durante a semana se refaz. E para os que andam precisando de alternativas para driblar a rotina pesada, vale outra dica: cochilar trinta minutinhos durante o dia também é bom.

Se você precisa de dicas para o sono infantil, pode gostar de ler o post Nana, Nenê.

P.S. E sobre as crianças: uma investigação recém-apresentada pelo Instituto Glia, em Ribeirão Preto, no interior paulista, mostra que crianças e adolescentes que dormem mais de oito horas por noite apresentam quase o dobro de chances de ter uma cuca mais sadia e um boletim nota 10, em comparação com os que descansam menos do que isso.

Leia também:

– Nana, Nenê: Como resolver o problema da insônia do seu filho

– Dormir pouco pode afetar a memória e o sistema imunológico

– Vida agitada, sono tranquilo, será possível conciliar os dois?

– Ter tempo é o grande luxo porque falta tempo para o básico: dormir!

– Crianças precisam dormir 9 horas por noite – veja aqui dicas para garantir esta rotina em seu lar

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook