Direitos e desejos

Já que falei na Evellyn , olhe a frase que ela me mandou no e-mail:

"Ter filhos não é complicado. É só você se planejar e ficar disponível para ele durante 24 horas por dia, pelo resto de sua vida".
Véronique Vienne, em Arte de ter filhos (Publifolha)

Curioso isso num dia em que Enzo já acordou decidido a me convencer de não ir ao workshop da Bites amanhã e fiquei pensando na dificuldade dele em compreender que numa única terça-feira precisará ficar no integral por 12 horas. Enfim, bati o pé e vou, claro! E fiquei pensando no quanto preciso ensinar a eles que nós, pai e mãe, também temos direitos e desejos. 😉

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook