bem estar / destaque
inverno em curitiba neve

Dizem que a foto é dessa manhã em Curitiba. Vendo isso penso: (1) eu achava normal viver com frio, pisar na geada logo cedo e usar “japona” até dentro de casa e (2) daqui a poucos dias estarei lá congelando para matar a saudade dos meus pais.

Deveríamos evitar marcar compromissos quando faz muito frio?

Essa foi uma questão que surgiu hoje num grupo de pais do qual participo e eu, nascida e criada no sul do Brasil, entrei no papo do pessoal do Sudeste para dizer que dá para continuar a vida no inverno.

Na verdade, é preciso, afinal, imaginem se todo mundo resolvesse hibernar quando a temperatura fica abaixo de 20 graus!

Para tudo ficar bem, o corpo não se ressentir e não adoecer, é preciso tomar alguns cuidados:

– use várias camadas de roupa ao invés de roupas grossas
– prefira roupas (um pouco) largas às justas, pois elas fazem o corpo transpirar e a transpiração resfria o corpo
– evite também usar só roupas de algodão (como moletons), pois ele retém umidade externa, o que também leva ao resfriamento do corpo
– use fibras sintéticas e lã, mas lembre que as blusas de lã aquecem, mas não “seguram” o calor, então o ideal fora de casa é uma blusa e um casaco que protege do ar frio
– quando chegar em casa, troque as meias, pois elas ficam úmidas facilmente e desregulam a temperatura do corpo
– proteja a cabeça usando gorro; perdemos cerca de 40% do calor corporal através da cabeça
– beba bastante líquido, principalmente quente, ao longo do dia. No frio sentimos menos sede e tem gente que passa mal de desidratação!
– cuide bem da pele, com hidratantes, e dos lábios, com protetores labiais, pois os machucados (das rachaduras do frio) são portas para infecções!
– atenção às frieiras, muito comuns nesta estação; depois do banho, seque bem os dedos dos pés e as dobras de braços e pernas


Estatísticas