destaque / entretenimento / relacionamentos

the-affair-s1-elenco

A dica que trago hoje é do tipo adulta. A série tem temática adulta e, talvez por ter atores europeus, é muito crua e cheia de cenas de sexo (não um 50 tons de cinza, nem se anime aí), por isso já começo avisando que não é indicada para a TV da sala se houver menores de idade na família.

Mas vale muito a indicação porque é um roteiro interessante, com bons atores e uma linguagem atraente inovando num tema super batido: traição no casamento e as consequências disso.

De um lado, o professor de colégio Noah Solloway (Dominic West), bem casado e ótimo pai de família.

De outro, Alison Bailey (Ruth Wilson), uma garçonete também casada e de luto pela morte do filho de quatro anos.

 

A disparidade entre as lembranças dos personagens, parte do roteiro construído sobre depoimentos à polícia sobre um crime que demoramos muitos episódios para começar a entender, é um ponto alto desse roteiro. U

Um mesmo fato é lembrado de forma diferente por ele e por ela, embora ambos estejam sendo sinceros. Essa dissonância serve para provar que o adultério não é prerrogativa dos casais. A memória também trai. 

Na época do lançamento da série, The Affair foi prestigiada pela mídia porque é criação do israelense Hagai Levi, de BeTipul, série que ganhou diversos remakes como In Treatment (EUA) e Sessão de Terapia (Brasil).

Como eu não sou chegada neste tipo de série, deixei passar logo no início e só me rendi quando The Affair chegou à Netflix. E gostei porque tem uma química entre os personagens, todos eles, o que faz a gente se dividir muito na “torcida” e ao mesmo tempo tem um realismo em cada um e nas suas relações e escolhas que nos faz assistir sem criar expectativa de finais felizes, sabem?

Final feliz é para filme, série tem que ter muita coisa dando errado e certo para nos segurar, concordam?

Para quem entende bem inglês, essa entrevista com Ruth Wilson sobre a segunda temporada é interessante:

E o teaser também:

Já que a série mostra sempre pontos de vista diferentes, aqui tem Maura Tierney:

Da terceira que, puxa, eu ainda não vi, mas me interessou também:

Se você não se importar com spoilers, vale ver o trailer das 3 temporadas abaixo:

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas