Dia Nacional de Combate ao Câncer


mulheres-com-cancer.jpgHoje é Dia Nacional de Combate ao Câncer. Há dias sabia da data e andei lendo sobre o tema, apesar de meu desinteresse pela medicina -digo que esta parte do DNA ficou toda com minha irmã médica ou pulou direto para meus filhos, que têm genuíno interesse pelo tema. Mas como câncer é a doença que leva meus ancestrais e parentes do lado japonês, cuido e leio. Um dia o genoma vai ajudar meus descendentes a evitar muita coisa, por enquanto eu ajudo a mim mesma e minha família no combate com atitudes cotidianas, como alimentação correta, como enfatiza Simone, no seu post de hoje sobre o tema. Como ela é ótima nutricionista, confio no que ela diz ou recomenda! 😉


Bem, o dia 27 de novembro, Dia Nacional de Combate ao Câncer, não é uma data para ser comemorada e sim para alertar a população. Estima-se que em 2006 foram quase 500 mil casos novos. Os tipos mais incidentes, à exceção de pele não melanoma, são os de próstata e pulmão no sexo masculino e câncer de mama e colo do útero no sexo feminino.

No site do Instituto Nacional do Câncer (INCA), é possível ver em pdf alguns folhetos didáticos sobre os tipos de câncer mais comuns no Brasil.

Não deixe de ver: ‘Guerreiras’ do câncer mostram seios reconstruídos em livro. Algumas das fotos estão acima, tirei da divulgação do livro na BBC.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook