cidadania

“Todos os dias, 4 pessoas morrem em acidentes de trânsito em SP. 2 são pedestres. Juntos podemos reduzir o número de acidentes e vítimas fatais em nossa cidade.
@prefavida

Hoje é o Dia Mundial Sem Carro (CarFree Day), uma data que nasceu na França em 1998 e se espalhou por cidades de todo o mundo. No Brasil, o evento ocorreu pela primeira vez em 2001 e a cada ano nota-se um aumento nas adesões de municípios e de cidadãos. A expectativa para 2011 é que a data seja comemorada em mais de uma centena de cidades brasileiras como Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte, Campo Grande, Natal, Salvador e Belém, envolvendo cerca de 300 organizações e prefeituras que apóiam fechando algumas ruas para o trânsito de automóveis, principalmente no centro das cidades.

Já falei sobre a data em outros posts, desde 2008, contando da história da data, sobre as ações diferentes, como a Vaga Vivade 2009 e o Encontro de Meios de Transportes Alternativos movidos a energia Humana de 2010. Neste ano mesmo acontece aqui em São Paulo o 1º evento de consumo colaborativo e transporte compartilhado do Brasil que debaterá “O poder do coletivo: consumo colaborativo e transporte compartilhado em prol de cidades mais inteligentes e sustentáveis”.

Mas vou em outro caminho neste ano, pensando na convivência pacífica de motoristas e pedestres no trânsito, fator que me parece um dos mais importantes na atualidade porque a falta de cortesia, que resulta em falta de segurança, acaba sendo um grande motivador para não sairmos de casa sem carro e nos “escondermos” dentro dos nossos possantes que nos protegem.

Creio que neste Dia Mundial Sem Carro devemos focar nossas atenções às ações que buscam regulamentar os direitos do pedestre, ainda que seja com multas para quem desrespeitar este cidadão que está sem carro, mas atuando diretamente no trânsito. Nesta semana a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) começou a multar o desrespeito ao pedestre em toda a cidade de São Paulo, fiscalizando prioritariamente os centros comerciais de bairros e corredores de ônibus, além da região central e da avenida Paulista, onde as multas já são aplicadas há algum tempo.

Funciona multar?

Infelizmente sim. Um levantamento da CET (feito entre julho e agosto) mostra que o número de motoristas que respeitam o pedestre subiu de 10% para 25%.  O aumento da fiscalização faz parte do Programa de Proteção ao Pedestre, uma campanha que busca conscientizar motoristas sobre o respeito ao pedestre no trânsito com atuação de agentes de trânsito e orientadores na rua (que incluem mímicos que fazem um teatro nos faróis fechados), atuando nos principais corredores de tráfego da cidade, estações de Metrô e os já citados corredores de ônibus.

“A CET aplicou 6.746 multas por desrespeito ao pedestre desde o dia 8 até 27 de agosto. O balanço não conta com as multas aplicadas pela Polícia Militar, que também autua os casos.
As penalidades são de até R$ 191,53 e sete pontos na carteira de habilitação.
As principais infrações são: não dar preferência ao pedestre na faixa, quando não há farol; não dar preferência ao pedestre na transversal; avançar na faixa sem que o pedestre tenha terminado de atravessar e não ligar a seta com antecedência.”

Eu tinha ouvido falar da iniciativa, mas só quando vi os caras atuando nas ruas eu acreditei. A CET garante que nos últimos doze meses revitalizou 11 mil faixas de pedestre em São Paulo e espalhou 1.200 faixas pelas ruas com orientações para os motoristas sobre o respeito ao pedestre, sendo que parte delas é direcionada aos pedestres, numa educação para o trânsito que não distingue quem quer ensinar.

Afinal, todos somos pedestres num momento ou outro, não é mesmo?

Posts relacionados:

[update]
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas