Passeios Públicos e Mobiliário Urbano

acessibilidade 01 rua em guaratuba litoral do paraná

Segundo o o IBGE, mais de 24 milhões de pessoas têm algum tipo de deficiência física ou mental em todo o Brasil. Neste dia 21/09, entidades, governo e famílias vivem o Dia Nacional de Luta das Pessoas Deficientes, instituído em 1982, será motivo de várias ações pelo Brasil. Achei interesssante saber como se deu a escolha da data: a proximidade com a primavera e o dia da árvore formam uma representação do nascimento das reivindicações de cidadania e participação plena em igualdade de condições.

No Mãe com filhos prestei minha homenagem às mulheres que, como minha querida @simonezelner (mãe de um garoto com autismo e que é uma das figuras entre os pais da inclusão nos blogs brasileiros) dedicam-se incansavelmente na luta por um novo cotidiano que permita que seus filhos alcancem o máximo de desenvolvimento possível, resolvendo através de terapias diversas, a questão da sua capacidade de inclusão plena na sociedade.

Soube que amanhã um encontro em São Paulo, promovido pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, discute acessibilidade e problemas das calçadas paulistanas. Todos sofremos com pisos irregulares e desgastados, degraus no meio do caminho, inclinações acima do razoável, ausência de sinalização sonora em cruzamentos, de piso tátil e de áreas verdes para escoamento das águas de chuva, faixas de circulação estreitas e presença de mobiliário urbano no trajeto das guias rebaixadas. Mas quem usa cadeira de rodas ou bengala, assim como as mães com carrinhos de bebê (verdade, a gente aprende muito quando se torna pai tentando passear nas grandes cidades com carrinhos de bebê) entendem bem melhor como estas questões estão abandonadas nas grandes cidades. Estes temas estão sempre presentes no blog de Taís Frota, o Arquitetura Acessível (tem twitter @acessibilidade).

O seminário “Passeios Públicos e Mobiliário Urbano na Cidade de São Paulo” vai reunir arquitetos, engenheiros, produtores de cimento e asfalto, representantes de diferentes setores do poder executivo, empresas concessionárias de serviços públicos (instalação de lixeiras, postes de eletricidade, telefones públicos, semáforos, floreiras, placas de trânsito e guias) e demais interessados no tema. Se o tema é do seu interesse pessoal ou profissional, veja informações aqui. O Seminário acontece no dia 22/09/2009 das 13h30 às 18h30, no auditório do Sinduscon-SP (Rua Dona Veridiana, 55 – Santa Cecília, São Paulo, SP).

P.S. E se você quer apenas saber mais do assunto, neste link é possivel fazer download de uma cartilha sobre o tema.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.