Democracia e miséria são incompatíveis

“Democracia e miséria são incompatíveis”
Herbert de Souza, o “Betinho”, em 1993

Lembro muito bem do Betinho e da Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida, que trabalho lindo do irmão do Henfil! Eu trabalhava numa ONG (Cefuria) de movimentos sociais que era um dos pontos em Curitiba, vi de perto os beneficiados e o tamanho do voluntariado!

Até o projeto começar, ele era apenas o irmão esperado da música O Bêbado e o equilibrista.

Mas depois, quanta coisa mudou. E esta mudança enorme na postura da sociedade está reunida numa exposição no Rio, com curadoria da historiadora Dulce Pandolfi , que celebra três décadas de fundação do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Ecônomicas (Ibase), organização criada em 1981 por Betinho.

No acervo, cartazes, fotos, documentos, cartas e vídeos vão narrar a trajetória da vida e do trabalho do sociólogo, que esteve à frente de importantes campanhas como as “Diretas Já” (1984) e “Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida” (1993-1996). A exposição está em cartaz na Caixa Cultural — (Av. Almirante Barroso, 25, Centro, Rio, de terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 21h) até 18 de setembro.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook