Da generosidade que se descobre nas redes sociais

“@Annyllinha: Um nascer do sol para @samegui vir aqui.. http://twitpic.com/5h4urm”

20110626-131914.jpg

Esta mensagem carinhosa (e a foto linda) foi o carinho que @annyllinha me mandou lá de Salvador neste domingo. Querida, não importa se “faz sol ou chuva”, ela é uma das pessoas atenciosas que, mesmo sem me conhecer pessoalmente, se tornou uma pessoa próxima na vida real.

Isso me lembra uma pesquisa divulgada na semana passada e que concluía que os usuários de redes sociais têm relações mais fortes e saudáveis, a despeito do que muita gente pensava (e ainda pensa), considerando que nós (me coloco com os “heavy users and addicted to social media”) usávamos as redes sociais para compensar a dificuldade de termos relacionamentos reais.

Pesquisa contradiz a ideia de que os internautas de redes sociais têm problemas de relacionamento http://t.co/izgY2mm

Creio que, como mostra esta delicadeza da @annyllinha, o que fazemos é repetir nas redes sociais nossa forma de nos relacionar no mundo real. Com a diferença que podemos descobrir afinidades com pessoas que a “geolocalização” não traria para tão perto!

20110626-150548.jpg

“@Annyllinha: E @samegui também vai gostar do por do sol… http://twitpic.com/5h4vjv”

P.S. E por falar em Facebook, viram este post? “@avidaquer: Can I be your friend? Cinco regras básicas para evitar problemas no Facebook http://ow.ly/1dsAqR”.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook