destaque / entretenimento

cenas europeias em seriado crossing lines

Quem nunca sonhou com a vida européia, na qual a gente vai de uma país ao outro em minutos, muda de idioma a toda hora, num verdadeiro frenesi cultural? Imaginem isso mesclado ao mundo aparentemente sem fronteiras, com legislação local que se confunde com a global, criado com a União Europeia.

Crossing Lines me deu um saborzinho disso, com a garantia de alguns atores, produtores e diretores que eu conhecia de outros seriados e filmes policiais e o plus de uma paisagem incrível!

A série envolve a unidade enviada pelo Tribunal Penal Internacional (ICC) a fim de investigar crimes nas fronteiras da Europa e por isso as locações são instigantes, uma grata surpresa para quem gosta de seriados policiais, mas está cansado dos cenários e da realidade dos EUA.

A equipe de elite integrada por policiais de diversas nacionalidades e que reunida trabalha para resolver os mais impressionantes crimesinternacionais também traz novidades. 

Na segunda temporada, a equipe de campo é liderada pelo ex-policial de Nova Iorque Carl Hickman (William Fichtner, de Prison Break). O ator não retornará para a terceira temporada, substituído por Elizabeth Mitchell (Lost, Revolution) e Goran Visnjic (Plantão Médico/ER), como Carine Strand e Marco Corazza.

donald sutherland crossing lines

Continuam na equipe Donald Sutherland, que interpreta Michael Dorn, Tom Wlaschiha, como Sebastian, e Lara Rossi, como Arabela. Outros atores que também entraram para o elenco são Stuart Martin (Babylon) e Naomi Battirck (The Indian Doctor).

Criada por Ed Bernero (Criminal Minds) e Rola Bauer, a série é produzida pela produtora alemã Tandem Communications em parceria com o canal francês TF1, o alemão SAT.1, e a americana Sony Pictures Television.

dica de serie crossing lines

Quem se interessar pode ver a primeira temporada no Netflix Brasil (como eu fiz) e depois seguir no AXN.

😉

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas