destaque / social good / sustentabilidade

“O rio São Francisco é, acima de tudo, brasileiro. Com uma extensão de 2.700 quilômetros, é o maior rio que nasce e deságua no nosso país. Sua bacia integra o Nordeste e Sudeste, ligando sete estados e abrangendo mais de 500 municípios. Presente na vida de 15 milhões de pessoas, suas águas são a principal fonte de abastecimento da região semi-árida e ocupam um papel importante na vida de uma população que carinhosamente o apelidou de Velho Chico. No entanto, muitos problemas ameaçam a grandeza do rio e para achar uma solução é preciso saber por onde começar.”

Em 2014 recebi um convite muito especial: conversar com representantes de um dos símbolos do nosso país, o Rio São Francisco, para conhecer uma campanha que tem no dia 03 de junho seu ápice, mas deve estar em nossas mentes e corações todos os dias.

Neste ano, o que era especial se tornou perfeito: estarei lá, apoiando novamente a campanha pelo #VelhoChico, mas desta vez pertinho do querido rio que queremos tanto preservar.

8 motivos para você amar e preservar o nosso Velho Chico

Serei testemunha e participarei da XXVII Reunião Plenária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, participando com os 62 membros do comitê e alguns colegas jornalistas do encontro que tem como tema central a “crise hídrica”.

rio São Francisco

O tema central da plenária será “Crise hídrica: a difícil travessia de 2015”, aprofundando as discussões sobre o acirramento, neste ano, da grave situação hídrica do país, como a estiagem no Nordeste e a crise de abastecimento em grandes centros urbanos, e que atingem duramente a bacia do Velho Chico. Também estão previstas, durante o encontro , apresentações das ações realizadas pelas quatro Câmaras Consultivas Regionais (CCRs), análise do processo de atualização do Plano de Recursos Hídricos da bacia do rio São Francisco, a segunda edição da campanha do Dia Nacional em Defesa do Velho Chico (3 de junho), debates sobre os efeitos da estiagem no âmbito da bacia hidrográfica, entre outros temas, como a preocupação do Comitê com os impactos ambientais provocados pelas variações da vazão do rio.

Soube que a cidade de Petrolina, situada às margens do Velho Chico, foi escolhida pela sua importância social, cultural e histórica para a bacia, sendo um dos centros de desenvolvimento econômico, a partir da utilização das águas do rio para atividades produtivas como agricultura e pesca, além do rico potencial artístico e turístico que também se relaciona com a dinâmica do São Francisco.

Petrolina-PE_a_partir_da_orla_de_Juazeiro-BA

Aproveite, siga a fanpage CBH São Francisco, aprenda e compartilhe informações importantes.

Existem três tipos de rios, os efêmeros, os intermitentes e os perenes. Saiba o que significa cada tipo e como o descaso da população pode interferir no rio São Francisco: http://bzz.ms/1z7j

Posted by CBH do Rio São Francisco on Domingo, 28 de dezembro de 2014

Um afluente importante da margem esquerda do Velho Chico, o Rio Grande é o último afluente antes do Lago do Sobradinho….

Posted by CBH do Rio São Francisco on Quinta, 8 de janeiro de 2015

Passe essa ideia adiante! Para evitar o assoreamento é preciso conscientização da população e das indústrias para que os…

Posted by CBH do Rio São Francisco on Sábado, 10 de janeiro de 2015

Para entender melhor a predominância da vegetação na bacia do São Francisco, abordamos os principais tipos de biomas: cerrado, caatinga e floresta. Entenda um pouco sobre eles: http://ow.ly/Ho8Af

Posted by CBH do Rio São Francisco on Domingo, 18 de janeiro de 2015

O Baixo São Francisco ganhou recentemente um programa importante que visa melhorar a vida das comunidades ribeirinhas…

Posted by CBH do Rio São Francisco on Quarta, 21 de janeiro de 2015


Estatísticas