sustentabilidade

Casada com catarinense de Lages, amiga de muitos queridos “barrigas verdes”, fico sempre ligada com notícias relacionadas à Santa (e Bela) Catarina. Depois de novembro de 2008, quando o estado foi devastado por enchentes e deslizamentos na região do Vale do Itajaí, a atenção redobrou. Por conta deste interesse pessoal, quando a Fundação Bunge me procurou para contar da parceria com entidades locais e diversos especialistas que visa entender o que houve por lá e propor soluções sustentáveis para minimizar impactos sociais, econômicos e ambientais, eu topei na hora!

O resultado desse trabalho está condensado no kit Conhecer para Sustentar: um novo olhar sobre o Vale do Itajaí, composto por um livro, um documentário e um encarte com propostas pedagógicas sobre as etapas do projeto que se propõe a realizar ações urbanísticas sustentáveis, incrementar disseminação do conhecimento e promover construção ecoeficiente. Mas de nada vale um trabalho excelente guardado, não é mesmo? Acreditando na força de divulgação e de propagação de boas ideias dos blogs – e preocupados com outros fenômenos climáticos, que já se repetiram no Rio e em Salvador – o blog A Vida Como A Vida Quer vai indicar um blogueiro amigo interessado em cidadania e sustentabilidade para receber um kit também.  Mas como escolher para quem?

Vou apelar para a Fanpage do Facebook de novo! Os interessados em ganhar o kit extra devem deixar suas dúvidas ou comentarios acerca do Conhecer para sustentar neste link e ao final eu e a equipe da fundação Bunge escolheremos em conjunto uma das intervenções como a mais assertiva e esta pessoa receberá o kit em casa.

[E se você não tem facebook, tudo bem, vale deixar um comentário bem legal aqui no post, ok? ;)]

Em detalhes o que eles fazem? Para começar, não levantam doações ou exploram as dimensões trágicas do ocorrido.

Com uma visão mais abrangente, o Conhecer para Sustentar no Vale do Itajaí se apoia em três pilares que buscam entender com profundidade as causas e propor ações que busquem o equilíbrio da atividade humana com a natureza:

  • disseminar conhecimentos e aprendizados resultantes das fortes chuvas, dos pontos de vista técnico e científico;
  • apresentar possíveis soluções para minimizar os impactos sociais, econômicos e ecológicos das fortes chuvas;
  • propor uma agenda positiva de ações urbanísticas sustentáveis.

Este direcionamento reflete o posicionamento da Fundação Bunge em suas atividades: Alimentar ideias é sustentar o mundo. O projeto está centrado em Gaspar, um dos municípios mais afetados pela tragédia e sede da Bunge Alimentos. 😉

Você pode gostar também de ler:
Neste ano meu filho mais velho completa 18 anos e - geração Uber - ele
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
Já ouviu falar do conceito “Design de energia”? https://www.youtube.com/watch?v=4q8ugvNZyrM   O programa Shizen Global Talent
Nasci em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, região linda do Paraná. E eis que eu,
Você é daquele tipo de consumidor que baseia suas escolhas em valores? Eu sou. Se
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas