cultura web / destaque

Em fevereiro, no Dia da Internet Segura, participei de um debate que muito me honrou: era um encontro de gerações e de profissionais e cidadãos, trazendo de uma forma muito prática (e simpática) para a conversa o mote da campanha em 2012.

O debate “Conectando Gerações”, promovido pela SaferNet Brasil e Ministério Público Federal do Estado de São Paulo (MPF-SP), fez parte do ciclo de ações em comemoração ao Dia da Internet Segura (SID — Safer Internet Day), e nesta semana os vídeos do encontro ficaram prontos. Posto abaixo os seis para quem quiser estudar mais o assunto e convido-os para conversarmos mais longamente sobre o tema nos comentários.

Nesta primeira parte, temos uma rápida introdução a tematica feita pelos mediadores Rodrigo Nejm, que é Psicólogo e Diretor de Prevenção da SaferNet Brasil e a pela Procuradora da República em São Paulo Drª Fernanda Teixeira

Nesta segunda parte, o foco esta no relato dos participantes da mesa sobre a descoberta do mundo digital, promovendo o encontro entre gerações de pais e filhos para revelar como aprendemos uns com os outros no mundo digital.

Esta terceira parte do debate, Bruno e Enzo fazem relato de suas descobertas do mundo digital. O tópico seguinte foi, os perigos e riscos presenciados no mundo digital, onde os convidados Janice Ascari e Jairo Bouer fazem seus relatos.

A quarta parte do debate “Conectando Gerações” fica por conta dos relatos de Samantha Shiraish, Anisia Spezia, Bruno e Enzo sobre os perigos e riscos presenciados no mundo digital.

Nesta quinta parte, Jairo Bouer fala sobre a “Promoção do autocuidado”. Em seguida temos inicio as perguntas do publico.

Continuando com as perguntas do publico, a sexta e ultima parte do debate “Conectando Gerações” buscou em uma descontraída, discutir as lembranças do primeiro acesso, as tecnologias disponíveis no passado, os limites e excessos de brincadeiras on-line e casos emblemáticos relacionados à Internet que os convidados já viveram em suas famílias.

 

Posts relacionados:

Você pode gostar também de ler:
Estive ontem num debate interessantíssimo, tanto pelo tema - os aspectos educacionais, sociais e legais
Coisa de fã? Não sei, pode ser apenas de "manteiga derretida" (que sou, assumidamente), mas
Quando comecei a namorar meu marido, lembro de ouvir num sábado meu sogro comentar em
Cada família faz do seu jeito: uns preferem num parque ao ar livre, outros no
Quando Enzo era bem pecorrucho, ainda antes do Giorgio nascer, um desenho (ainda em VHS,
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas