#ad / a vida quer

como exportar seminario ensina a exportar sendo micro ou media empresa no brasil.bmp

Embora eu fale muito de carreira e consequentemente de mercado no blog, pouca gente sabe o quanto os negócios estão inseridos no meu cotidiano. Meu marido trabalha com commodities e negociação de títulos e por osmose (e uma convivência de quase duas décadas) eu me considero até uma pessoa que gosta do mercado de exportações. Um exemplo é o fato de o jornal que eu assino não ser um geral como Folha de S. Paulo ou Estadão, mas sim o tradicional jornal de negócios Valor Econômico. Nas páginas dele descubro diariamente um Brasil que me orgulha e que não pára de crescer.

Embora o Brasil seja famoso por exportações como soja, açucar e minério de ferro, há muita oportunidade bem aproveitada por negócios de menor vulto e, principalmente, menor volume de cargas. Pedras preciosas, peças com design e matéria prima exclusivos do nosso país têm grande peso internacional e fazem empresários serem muito bem sucedidos sem precisar de grandes contâiners de exportação e importação.

Quando morei em Toquio eu e Gui éramos frequentemente abordados por empresários que tinham interesse justamente neste mercado de nicho. Mas como se tornar exportador no Brasil? A grande questão além da comunicação, é a logística. Ela tem que ter tanta qualidade quanto o produto, mas quem está começando nesta seara não está pronto para grandes ações, pelo contrário, luta com mais ansiedade ainda pelo maior custo-benefício para manter sua vantagem competitiva e ainda obter novas oportunidades de mercado. E foi no Japão, com os empresários interessados no Brasil, que eu descobri como era prático e seguro usar os serviços da FedEx.

Fui convidada a divulgar aqui no blog um lançamento da empresa (a maior de transporte expresso do mundo, quem não lembra deles salvando a vida dos profissionais em vários filmes?), passando a oferecer aos clientes brasileiros novas opções para entregas menos urgentes para vários destinos com menor custo.

como exportar no brasil dicas fedex.bmp

Com o FedEx International Economy®, disponível do Brasil para 202 países, e o FedEx International Economy® Freight, disponível para 83 destinos, os serviços de entrega  door-to-door (com desembaraço aduaneiro, uma grande dificuldade para quem começa a exportar) e tempo de entrega definido é uma alternativa econômica para entregas menos urgentes, com a mesma qualidade, serviço e confiabilidade da FedEx (as tarifas competitivas podem ser até 28% mais baratas que as tarifas “prioritárias” da FedEx). Pequenos e médios exportadores podem se beneficiar de mais descontos pelo programa FedEx PyMEx, desenvolvido para que esses empresários possam adentrar no mercado global.

As principais características dos novos serviços são:

  • entrega em 4 a 6 dias;
  • rastreamento 24 horas de status da entrega no website fedex.com e via e-mail;
  • liberação na alfândega;
  • garantia de dinheiro de volta.

Se você ficou interessado e já está pensando em como pode aproveitar, eu tenho uma dica ainda melhor, que vi no blog @sucessonews. A FedEx oferece nesta terça-feira, às 15 horas, o seminário on-line “Webinar Exportação Expressa Econômica” que vai ensinar como exportar com custos reduzidos. O seminário será gratuito e transmitido via internet direto do site do Terra. Para participar, acesse o site www.exportacaoeconomica.com.br e faça a sua inscrição. Estaremos ligados no seminário, sem dúvida! Depois trocamos umas ideias por aqui e quem sabe se não sai negócio?

artigopatrocinado

Você pode gostar também de ler:
Se um dia o Orkut me trouxe de volta a turma da escola, o Facebook
Ter filhos é reaprender a dar valor e tomar cuidado com as mínimas coisas da
Uma das melhores coisas das redes sociais e da web 2.0 é a possibilidade de
"Reconhecida como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, a Reserva Natural Salto Morato está localizada
[update] Agradecemos muito o entusiasmo e a participação dos leitores e seguidores do Twitter hoje.
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas