Coisas de grávida: aplicativos para acompanhar a gestação

20121020-171920.jpg

Quando soube que estava grávida lembrei imediatamente que uma das vantagens que eu teria nesta gestação e com a qual nem sonhava em 1999 e 2002 (quando esperei os meninos) é ter ajuda instantânea de aplicativos móveis.

Primeiro baixei a versão para grávidas do que eu já usava para acompanhar meu ciclo menstrual, o WomanLog Calendar. É bem organizado e fácil de usar, com utilidades como uma agenda para compromissos, espaço para um mini diário com fotos e várias “opções” de sintomas diários. Parece bobagem, mas ajuda muito guardar os sintomas para depois contar para o médico, se precisar.

20121020-200530.jpg

Poucas semanas depois, numa busca na App Store, encontrei outro aplicativo bem interessante. O Pregnancy me informa diariamente sobre meu estado de saúde, o crescimento e a evolução do bebê e traz até dicas para o papai. Gui também instalou e configurou no seu iPhone e assim ambos acompanhamos a gestação juntos, o que me pareceu muito simpático e atual, pois os pais da nossa geração são muito presentes e merecem estar sempre envolvidos em tudo sobre seus filhotes.

20121020-202656.jpg

O aplicativo é muito visual e também tem ajudado as crianças a acompanharem o crescimento da irmãzinha, criando conversas gostosas entre nós e, sem planejarmos, ensina muito para todos. Gosto especialmente das dicas de alimentação e saúde personalizadas que o aplicativo oferece para cada semana da gestação, assim como das ferramentas práticas, como a que compara o tamanho do bebê a frutas, facilitando a percepção do crescimento.

20121020-201851.jpg

Gostou, mas ficou sem saber qual escolheria ou indicaria?

O WomanLog tem versões em diferentes idiomas, inclusive português e está disponível tanto para iOS quanto para Android. Assim como o What do expect, o Pregnancy é todo em inglês, exigindo compreensão maior do idioma para tirar proveito adequado dele. Ambos têm versões gratuitas, mas, caso opte por usar um deles, sugiro a versão paga, que permite acompanhar de fato a gestação toda, facilitando o planejando a longo prazo, até mesmo de detalhes como viagens e de roupas, coisas que parecem bobagens, mas são importantes para o bem estar psicológico da mamãe.

🙂

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook