All together – idosos criam república para envelhecer com amigos 

“Poder envelhecer ao lado dos seus amigos pode tornar essa fase difícil da vida mais prazerosa e é exatamente nisso que a Espanha pensou. Lá já existem 8 condomínios que funcionam como uma república autogerida. No espaço, amigos idosos moram juntos, fazem esportes, e se divertem  sempre na companhia de alguém querido. Não é um asilo, é o chamado “cohousing”, moradias criadas e administradas pelos próprios idosos, que decidem entre amigos como e onde querem viver sua aposentadoria.”

republicas de idosos na espanha
Grupo de amigos aposentados que vive na residência autogerida Convivir, em Cuenca, na Espanha. Foto de Carlos Rosillo, no El País.

Essa reportagem que cito acima lembra um filme ótimo da Jane Fonda (atuando lindamente em francês!) chamado All Together (E se vivêssemos todos juntos?)

No filme, de 2011, Annie (Géraldine Chaplin), Jean (Guy Bedos), Claude (Claude Rich), Albert (Pierre Richard) e Jeanne (Jane Fonda) são melhores amigos há mais de 40 anos. Um deles corre o risco de ser “acolhido” pela família do filho, que acredita que ele não tem mais condições de viver sozinho. E isso os leva a uma ideia: transformar a casa de um dos casais numa república para idosos.

A vida desses idosos europeus é interessante, nos permite um olhar íntimo sobre o envelhecimento no século XXI. 

 

Sinopse:

Cinco amigos idosos decidem passar o resto de seus dias juntos sob um mesmo teto. Enquanto isso, um jovem resolve estudar esta experiência e acaba observando os detalhes da vida em comunidade que estas pessoas levam, com todos os dramas e alegrias.

Aposto que foi um dos pontos de partida para a querida série do Netflix, Grace and Frankie.

🙂

grace-e-frankie

Na série, que está na terceira temporada, Grace e Frankie são duas mulheres casadas e eram “famílias amigas” há várias décadas, suportando as excentricidades uma da outra para manter a amizade dos maridos. Até que um dia seus maridos pedem o divórcio para se casarem um com o outro, assumindo assim a homossexualidade.

Grace e Frankie são forçadas a viverem juntas, formando assim uma excêntrica amizade e a série quebra tabus e retrata os conflitos da terceira idade.

Desde que soube da série eu fiquei curiosa com as duas juntas. Ri muito com a parceria delas em Como Eliminar Seu Chefe (de 1980) e Lily Tomlin está impagável como a hippie Frankie. Não por acaso ela foi indicada tanto ao Emmy quanto ao Golden Globe Awards pela sua atuação na série. Os veteranos Martin Sheen (Robert) e Sam Waterston (Sol) também estão excelentes! Para completar, Marta Kauffman (criadora de Friends) assina esta série com Howard J. Morris.

Por falar em prêmios… Jane Fonda tem dois Oscars de Melhor Atriz – já foi indicada sete vezes! – pelos papeis em “Klute – O Passado Condena” (1971) e “Amargo Regresso” (1978). Ela tinha 33 anos quando foi nomeada pela primeira vez, com o filme “A Noite dos Desesperados” (1969). Lily Tomlin tem cinco Emmys e um Globo de Ouro, além de uma indicação ao Oscar. Sam Waterston já foi nomeado pela Academia e tem um Globo de Ouro e um Emmy no currículo. Martin Sheen já foi indicado oito vezes ao Globo de Ouro e nove vezes ao Emmy.

E o mais legal: eles continuam atuando e se divertindo muito com a profissão!

jane-fonda-e-tomlin-jones

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.