destaque / educação

Imagine uma atividade que estimula crianças e adolescentes para a prática da ciência. 

E se essa proposta fornasse grupos considerando o interesse dos alunos pelos temas e a receptividade às atividades propostas?

Para ser ainda melhor, considere um universo educacional no qual a motivação, a liderança e a cooperação para trabalho em grupo fossem importantes?

Pelo que li o Clube do Pesquisador Mirim 2015, projeto Ro Serviço de Educação (SEC) do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG/MCTI), tem esta proposta.

  

Promotor da iniciação científica, o clube oferece 100 vagas a estudantes do ensino público e privado da região metropolitana de Belém. Estão abertas cinco turmas para alunos que estejam cursando entre o 4° a 9º anos do ensino fundamental e o 1º e 2º anos do ensino médio. No momento da inscrição, os candidatos a pesquisadores mirins devem apresentar o boletim escolar do ano anterior para comprovar o seu vínculo com o sistema oficial de ensino.

Gostou e mora em Belém? Então corra! 

Os interessados em mergulhar no universo da ciência podem se inscrever até o dia 10 de abril, na Biblioteca Clara Galvão, localizada no Parque Zoobotânico do museu. O parque está situado na Avenida Magalhães Barata, 376, centro da capital paraense. 

Os novatos participarão de uma seleção, entre os dias 14 e 17 de abril, que consiste em duas fases: entrevista e atividades em grupo. A avaliação considera o conhecimento sobre o MPEG, o Clube do Pesquisador Mirim, o assunto de sua turma e a disponibilidade para participar das atividades do Clube. A segunda fase da seleção será feita em trabalho de equipes.

Este ano as turmas do Clube trabalharão os seguintes temas: “Conhecendo o Museu Goeldi”, “Resíduos Sólidos Urbanos”, “Peixes da Amazônia”, “Relações Ecológicas” e “Bancando o Arqueólogo”. 

Quero isso aqui na minha cidade! Você também? 

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas