Clarinetas para quem fica em Sampa no feriado

Oportunidade de afinar o ouvido e de conhecer melhor o som e a capacidade de encantar o público com clarinetas são as apresentações do 4quarteto de Clarinetas no Concerto ao Meio-dia e no Clássicos do Domingo do Centro Cultural São Paulo (rua Vergueiro, 1000, São Paulo, SP).

Com Daniel Oliveira, Tiago José Garcia, Gleyton Ladislau Pinto e Thiago Ancelmo, as clarinetas tocam e ensinam um pouco de música erudita. Antigamente na França a formação de quarteto de clarinetas era comum e difundida na formação clássica: Requinta, Clarinete, Clarinete Alto e Clarone. A idéia original era imitar o quarteto de cordas, que possuía e possui um repertório muito expressivo.

No programa tem Wachet auf, ruft uns die stimme de J. S. Bach (1685-1750), Pastoral com Igor Stravinsky (1882-1971), Ele e eu de Pixinguinha (1897-1973), Quarteto de Ernest Mahle (1929), Cinco Movimentos para quatro clarinetas de Claude Arreiu, Fuga e Mistério de Astor Piazzola (1921-1992), Largo al factotum ( The Barbier of Sevilla) de Giacomo Rossini (1792-1868), Luiza de Tom Jobim (1927-1994), Odeon de Ernesto Nazaré (1863-1934), Summertime de George Gershwin (1898-1937), Solfegieto de J.C. Bach (1735-1782).

O clarinete possibilita tanto uma sonoridade sombria e penetrante como brilhante e agressiva, além de ser um instrumento muito utilizado tanto no popular como na chamada música erudita. 😉

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook