cinema / destaque / entretenimento

cinema-argentino-um-guia-para-iniciantes

O cinema argentino contemporâneo é tema de um novo curso da Casa Guilherme de Almeida.

Oportunidade para conhecer produção cinematográfica dos últimos 20 anos: do florescimento do chamado Nuevo cine argentino, em meados da década de 1990, à consolidação dessa geração e às novas propostas surgidas entre o final dos anos 2000 e os dias de hoje.

Por meio de diálogos entre as perspectivas contextuais e estéticas, serão discutidos temas como as novas formas de representação da política, o uso inovador do som, a guinada subjetiva nos documentários, entre outros. O curso se dedicará, ainda, a observar de forma mais atenta a produção de realizadores destacados como Lucrecia Martel e Andrés Di Tella.

O curso é ministrado por Natalia Christofoletti Barrenha, doutora em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, com uma tese sobre o espaço urbano no cinema argentino recente. Autora do livro A experiência do cinema de Lucrecia Martel: resíduos do tempo e sons à beira da piscina (2014) e de artigos publicados em coletâneas e revistas de cinema.

capa-a-experic3aancia-do-cinema-de-lucrecia-martel001

Idealizadora e curadora da mostra Histórias extraordinárias: cinema argentino contemporâneo, realizada na CAIXA Cultural Rio de Janeiro em 2016, com segunda edição em novembro de 2017. Codiretora da Imagofagia, revista da Asociación Argentina de Estudios de Cine y Audiovisual (AsAECA).

Fica a dica de que Natalia Christofoletti Barrenha tem um blog super interessante com muitas novidades deste mundo do cinema latinoamericano: duasoutrescoisasqueeuseidele.wordpress.com

E para quem gosta, olho no curso:

E para quem não sabe muito de cinema argentino contemporâneo, mas gostaria de se iniciar no tema, fica a dica de 5 filmes da nossa querida colunista, a atriz e jornalista Lívia Lisboa:

O segredo dos seus olhos

Um conto chinês

Relatos selvagens

Nove rainhas

Medianeras

Tem muito Ricardo Darin? Tem sim. O ator, considerado atualmente como um dos melhores e mais populares atores de seu país, parece ter os papéis mais importantes no cinema nos últimos tempos e por isso Nueve reinas (2000), El Hijo de la Novia (2001), Luna de Avellaneda (2004), El Aura (2005), El secreto de sus ojos (2009) e Un cuento chino (2011) fazem parte de muitas listas de cinema argentino contemporâneo.

Há pouco tempo, nossas colunistas Lívia e Monise estiveram n a pré-estreia de um dos seus filmes recentes, Neve Negra.

Neve negra – cinema argentino

E eu resenhei O incêndio.

Dica de filme: O incêndio

netflix-argentina-logo1

Quer começar a conhecer o cinema argentino? O pessoal do blog Cinema Argentino fez uma lista do que tem disponível por lá: O segredo dos seus olhos (2009), Aura(2005), Peter Capusotto y sus 3 dimensiones (2012), Los Paranoicos(2008), Elefante Branco (2012), Tese sobre um homicídio (2013), El ratón Perez 2 (2008), Atraco(2012) , Muerte en Buenos Aires(2014), Pasaje de Vida (2015) , Dormir al Sol (2010), Un Paraíso para los Malditos (2013), O Segredo de Lucia (2014), Delirium (2014), Lua em Leão (2013), Ouro Nazista na Argentina (2008), O Último Tango (2016).

 

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas