a vida quer

   
Eu ainda morava em Curitiba e só reuni a história depois, lendo e conversando com cicloativistas. Mas dizem que a Ciclovia da Paulista nasceu no dia 29 de junho de 2002, quando ciclistas se reuniram pela primeira vez na Paulista para percorrer as ruas da cidade e exigir mais investimentos para bicicletas e outras alternativas de transporte além do automóvel. 

“Naquele dia, os motoristas buzinaram e gritaram muito para a gente sair da rua, dirigindo bem perto para nos assustar”, diz Odir Júnior, de 45 anos, um dos 12 participantes da primeira edição do evento conhecido como Bicicletada.

Naquele dia criou-se uma tradição: toda última sexta-feira do mês na Paulista os ativistas se reuniam para pedir mais.

 

Finalmente a avenida tão emblemática de São Paulo passa a ter uma via exclusiva para ciclistas, inaugurada neste domingo, 28 de junho de 2015.

“É um ponto de virada da cidade.”

É um movimento, bastante criticado, mas que faz um trabalho que vai além de atender quem gosta de bicicleta: empodera cidadãos, reforça o senso de pertencimento e amplia a vigilância e o controle social espontâneo, aquele que gera um certo constrangimento e evita ações erradas “porque tem gente vendo”.

  
No último ano, São Paulo ganhou 238 km de ciclovias, quatro vezes mais do que havia sido construído ao longo de sua história, tendo como trecho mais simbólico a pista de 2,7 km no canteiro central da Paulista.

O projeto é uma das principais metas da gestão do atual prefeito Fernando Haddad, que prometeu ampliar os 64 km existentes em 2013 para 400 km até 2016. A iniciativa é polêmica e já foi alvo de ações na Justiça, dividindo não só quem vive na cidade, mas também sua classe política.

Descubra a diferença dos espaços reservados para o ciclista pedalar pela cidade.

 

 

Em São Paulo existem três formatos de caminhos reservados para os ciclistas – cada um com uma definição. 

Descubra o que é ciclovia, ciclofaixa e ciclorrota e pedale por São Paulo!

CICLOVIA

É um espaço reservado exclusivamente para o tráfego de bicicletas, e permite mais segurança ao ciclista. A separação do espaço é feita através do meio fio, grades, muretas, blocos de concreto, dentre outros. Um bom exemplo de ciclovia são as localizadas na Marginal Pinheiros.

CICLOFAIXA

A separação é feita por uma faixa demarcada na via, indicando onde é mais seguro para o ciclista trafegar pela cidade. As ciclofaixas podem ser válidas todos os dias da semana ou então aos finais de semana – caracterizadas como ciclofaixas de lazer.

CICLORROTA

As ciclorrotas são uma opção de informar o melhor trajeto para o ciclista, não sendo necessária uma demarcação especial para isso. Este formato facilita a informação dos melhores locais para pedalar, mas não garante preferência na via.

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas