empreendedorismo / entretenimento / sustentabilidade

Gostei muito de ouvir Fabio Feldman. Sua visão do que deve estar em foco no século XXI e da necessidade de deixarmos a visão do século XIX para trás e sermos todos empreendedores com um novo foco vem ao encontro das minhas crenças e ideais de vida. Curiosamente, Aline Kelly, do blog  Sustentável 2.0, que fazia parte da equipe do @avidaquer para cobertura do SWU 2011, tinha uma impressão bem diferente dele. É o que ela conta no texto que publicamos aqui:

Fábio Feldman no #ForumSWU apresenta a evolução dos movimentos em prol da sustentabilidade desde os anos 70 #avidaquernoSWU

“Confesso que por muito tempo tive minhas ressalvas em relação ao Fábio Feldman, mas recentemente ao conhecer um pouco mais de sua história e de outras pessoas que lutam com ele há mais de 30 anos pela questão ambiental (sabia que ele juntamente com duas irmãs participaram da fundação da SOS Mata Atlântica?) comecei a olhar sua atuação com outros olhos.

Fiquei impressionada com a “aula” que ele deu durante seu painel no Fórum SWU em 2011 apresentando a evolução da questão ambiental nos últimos anos:

Nos anos 70 as primeiras mobilizações em favor do meio ambiente iniciaram com um questionamento de cientistas de que talvez a humanidade esteja alterando o equilíbrio do meio ambiente. Nos anos 80 quando uma imagem de satélite sobre a Antártida mostrou o tamanho do buraco na camada de ozônio falava-se do planeta como algo abstrato, a partir deste fato a dimensão planetária do problema ficou evidente.

Na década de 90 o destaque são os desdobramentos da Rio 92 que resultaram na Convenção da Preservação da Biodiversidade e na Convenção sobre Mudanças Climáticas. Em 2007 já com a certeza de que a humanidade está alterando o clima do planeta e de que precisamos tomar medidas drásticas para controlar esta alteração que já está em curso, iniciou-se uma nova onda dos movimentos verdes com o objetivo de controlar o aumento da temperatura em no máximo 2 graus celsius.

É neste contexto que no próximo ano acontece a Rio+20 com o tema “Economia Verde e Erradicação da Pobreza“. O desafio é colocar para a humanidade uma nova agenda: como equalizar o crescimento econômico com a capacidade do planeta em gerar recursos?

Se não formos capazes de mudar a sociedade em um curto período de tempo, dificilmente te conseguiremos enfrentar a crise do aquecimento global. Nós temos que discutir o mundo em que vivemos, os valores da nossa sociedade, nós queremos um outro estilo de vida e um outro padrão de consumo, pois o nosso planeta não tem capacidade de suportar os padrões atuais.

O empreendedorismo deve estar no foco de cada uma das nossas ações, empreendedores do bem em favor do planeta, esta é a mensagem politica do século XXI.

Na minha opinião a evolução dos dilemas ambientais nos mostram que não estamos somente falando de preservarção do mico-leão dourado, estamos falando da preservação da vida na terra e entre essas a da humanidade.

É de suma importância o debate e a participação popular durante a próxima conferência da ONU sobre o Meio Ambiente (a Rio+20). É preciso construir novos modelos de desenvolvimento econômicos que também sejam sustentáveis para o meio ambiente e para a inclusão social, não podemos colocar nas mãos das autoridades todas as nossas expecatativas de mudanças, é preciso fazer parte deste processo. Afinal, começa conosco né!?”

Confira no vídeo abaixo a integra da “aula” do Fábio Feldman.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas