Casais e finanças

livros-casais2.jpgNão deixa de ser curioso o tema: Nunca se case antes dos 30, de Heverton Anunciação, editora Livro Pronto. Casei ao completar 23, mas acredito que, como toda escolha, casar é pessoal demais para qualquer um dar palpite. Hoje às 19h30 a Livraria Cultura promove um debate com o tema Promete ser fiel na riqueza e na pobreza?, entre Gustavo Cerbasi e Heverton, que participou como consultor na série Trocando em Miudos, do programa Fantástico, da TV Globo. A partir de dados oficiais, entrevistas e pesquisas em metrópoles de vários países,  ele identificou e caracterizou os grupos de riscos sujeitos a terem êxito ou não no casamento.

Cerbasi é o autor de Casais Inteligentes Enriquecem Juntos, da Editora Gente. Não li o livro, mas o folheei várias vezes e concluí que Gui e eu já seguimos naturalmente as dicas e se não enriquecemos foi por outras várias razões. (risos) Uma delas deve ser ter tido filhos antes de se estabilizar, na minha leiga opinião. Mas li Filhos Inteligentes Enriquecem Sozinhos e gostei do ponto de vista dele, por isso recomendo o autor.

Se o tema lhe interessou mas você não vai comprar os livros ou participar do debate, um post do Dinheirama trata das Finanças para casais de forma completa e sucinta. Excelentes dicas e uma visão tão madura que eu, casada há 11 anos, posso confirmar na prática a maior parte das teorias. Menos uma: é preciso ter conta privada, pois é como computador, pessoal. Não dá para compartilhar, pois tem seu histórico e é bom manter um pouco de individualidade, mesmo nas finanças. Afinal, como supreender o marido com presentinhos se ele vai saber quanto custou quando olhar o extrato do cartão ou da conta?

Serviço:

  • Debate Promete ser fiel na riqueza e na pobreza?” (com Gustavo Cerbasi e Heverton Anunciação)
  • Data: 10/10/2007
  • Horário: 19h30
  • Local: Livraria Cultura – Shopping Villa Lobos
  • Av. Nações Unidas, 4777 – São Paulo/SP
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.