Casa + Segura, projeto ensina a evitar acidentes domésticos na prática

Segurança doméstica, como evitar acidentes domésticos, como manter meu filho seguro em casa, como evitar acidentes com os filhos, como manter a casa segura, como ter uma casa segura, orientações de como manter a casa segura, acidentes com crianças em casa, como evitar pequenos acidentes em casa, segurança dentro de casa, dicas pra cuidar da casa, dicas manter a casa segura, dicas para ter uma casa segura, dicas de como deixar a casa segura, cuidados com tomadas em casa, cuidados com fios em casa, cuidado com janelas em casa, cuidado com sacadas em casa, cuidados com banheiros em casa, Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, projeto da AMB, Casa + Segura

Sempre desejamos ter uma casa segura e confortável, não é mesmo? E quando temos filhos este desejo se torna uma necessidade.

Na semana passada recebi um convite para visitar o projeto Casa + Segura, que está presente no Parque Ibirapuera até o dia 28/02. Tentei passar por lá no domingo, mas, confesso, sendo um dos raros domingos de sol e com poucas chances de tempestade na capital paulista, a chance de conseguir entrar no parque era bem baixa. Acabei desistindo depois de “tentar” ficar em algumas filas de carros para acessar os estacionamentos.

Mas deixo a dica para quem mora mais perto ou tem mais facilidade para chegar ao Ibirapuera e igualmente para quem gosta do tema.

O projeto Casa + Segura é promovido pela Associação Médica Brasileira (AMB) e patrocinado pela Nebacetin, trazendo orientações para a população evitar acidentes domésticos. Bastante comuns, principalmente com idosos e crianças, os acidentes domésticos podem ter sérias consequências.

Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo relativos a 2011 e 2012 dão conta de que a cada quatro dias uma pessoa morre em decorrência de tropeção, escorregão ou queda da altura do próprio corpo. Alguns objetos e situações podem representar grandes riscos e acarretar em lesões sérias: o contato com fiações ou tomadas, móveis pontiagudos, itens de decoração de vidro ou até mesmo um simples ferro de passar roupas, podem ser um motivo de alerta para redobrar a atenção dentro de casa. Os acidentes domésticos podem provocar desde pequenos machucados e arranhões até quedas perigosas, engasgos, afogamento, asfixia e intoxicação, além de queimaduras. Ainda segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, dez pessoas morrem por mês devido à exposição a chamas e fumaça, o que corresponde a uma morte a cada três dias.

Simples cuidados podem garantir maior segurança dentro de casa. Essas medidas Forma destacadas nas visitas guiadas pelos cômodos da Casa + Segura no Parque do Ibirapuera, onde há também distribuição de materiais didáticos elaborados por especialistas em parceria com o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo e o Proteste.

Segurança doméstica, como evitar acidentes domésticos, como manter meu filho seguro em casa, como evitar acidentes com os filhos, como manter a casa segura, como ter uma casa segura, orientações de como manter a casa segura, acidentes com crianças em casa, como evitar pequenos acidentes em casa, segurança dentro de casa, dicas pra cuidar da casa, dicas manter a casa segura, dicas para ter uma casa segura, dicas de como deixar a casa segura, cuidados com tomadas em casa, cuidados com fios em casa, cuidado com janelas em casa, cuidado com sacadas em casa, cuidados com banheiros em casa, Dados da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, projeto da AMB, Casa + Segura

Ao reproduzir ambientes de uma casa real de maneira didática para reforçar cuidados, com dicas e alertas para evitar acidentes domésticos, simulando situações comuns e práticas nos cômodos da casa real montada no parque, os organizadores pretendem chamar a atenção dos visitantes sobre pequenos descuidos que podem provocar graves acidentes.

Veja alguns:

· Tomadas e fios: Para evitar choques indesejados, recomenda-se a proteção de todas as tomadas. Além disso, por segurança, é importante dificultar o acesso das crianças aos fios, que devem ter apenas dimensões suficientes para o alcance da tomada.

· Janelas e sacadas: É necessário proteger as janelas com redes ou grades, principalmente em apartamentos e casas com crianças pequenas. Vidros quebrados ou rachados precisam ser trocados com urgência.

· Banheiros: Secadores e lâminas cortantes devem ser guardados em local seguro, sempre fora do alcance de crianças. Outro ponto importante é o cuidado com a temperatura da água ao preparar o banho dos bebês.

A CASA + SEGURA fica na Arena de Eventos – Portão 10 do Parque do Ibirapuera até 28/02/2013 e tem entrada gratuita.

E se você está fora de São Paulo, visite o site casamaissegura.com.br e saiba mais sobre o tema. Acompanhe também o projeto da AMB no Twitter (@CasaMaisSegura) e Facebook.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.