casa / destaque

almofadas de croche para a sala

Meus pais mudaram de casa em dezembro, às vésperas das festas de final de ano, deixando uma casa onde moraram por dez anos e que tinha uma área admirável. Deixar os 350 m2 não foi complicado, nesta década minhas irmãs casaram, os netos crescem em outras cidades, e meu irmão ficou noivo, ou seja, depois de 40 anos, sobraram só os dois.

Chegar no novo apartamento e ver a casa arejada, com tudo novo, foi uma agradável surpresa para mim. Como o antigo morador tinha feito armários e racks sob medida, minha mãe acabou abrindo mão de vários móveis que usava na casa, destinando alguns para doação, outros para uma futura residência dos novos noivos da família e até vendeu alguns objetos para a empregada.

Felizmente ela tem um coração de decoradora e sempre sabe preservar alguns objetos que, por seu design ou qualidade, são imortais e ficam bem em qualquer moradia, por isso merecem ser preservados e, até melhor, repaginados.

Na volta eu fiquei sonhando com novos usos, cores e revestimentos para começar 2014 com mais leveza e alegria. E me deparei com alguns releases de produtos que me trouxeram inspiração, com um quê de antigo e de novo, uma mescla do que este século XXI tem de melhor, que é a moda de inventar e de ser autêntico.

Que tal criar um ambiente mais intimista com luz indireta, mas fugindo do tradicional abajur que fica na mesa de canto do sofá?

A luminária de mesa, Suuria Son, (da coleção Morning Glory, de Ayala Serfaty)é feita em seda esculpida sobre a estrutura de metal tem confecção artesanal, com formas orgânicas estilizadas e desenhos audaciosos.

A luminária de mesa, Suuria Son, (da coleção Morning Glory, de Ayala Serfaty)é feita em seda esculpida sobre a estrutura de metal tem confecção artesanal, com formas orgânicas estilizadas e desenhos audaciosos.

E que tal uma namoradeira?

Hoje falta espaço para os detalhes românticos numa casa, mas móveis pequenos e delicados  como esta namoradeira “S” (da Hips Retrô ) sempre cabem na vida da gente.

Hoje falta espaço para os detalhes românticos numa casa, mas móveis pequenos e delicados como esta namoradeira “S” (da Hips Retrô ) sempre cabem na vida da gente.

 

Se a grana está curta neste começo de ano, depois de um final de ano com muitos dias de folga e os gastos de janeiro, não desanime. Dar uma repaginada na casa começa com uma boa arrumação, abrindo espaço para o novo vir e o que tinha de bom ser relembrado e revivido.

E sempre dá para dar uma cor e uma vida aos ambientes com coisas simples, como cortinas, joguinhos americanos para a cozinha ou almofadas para a sala e os quartos. Eu AMO fazer almofadas novas e minha sala está fresquinha com as de verão que preparei com crochê e que abrem este post.

Boa parte da energia boa que senti na casa nova dos meus pais pode ser explicada pelo Feng Shui.Esta técnica milenar chinesa ensina a organizar os objetos da casa para que as energias circulem positivamente, seguindo preceitos que me parecem mistura de “bom senso” com “carinho pela casa”. Segundo estas ideias, cada objeto – de um porta-retratos a um sofá – interfere na dinâmica energética do lugar e gera efeitos diferentes.

Já escrevi sobre o tema em Feng shui para apErtamentos, em Dicas simples e rápidas para ativar a energia da vida profissional e Feng Shui para o amor.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas