destaque / empreendedorismo / mobilidade

  
A BMW lançou um serviço de compartilhamento de veículos nos EUA que oferecerá aos clientes o uso dos veículos BMW e Mini. A experiência acontece em Seattle e pode se expandir para outras cidades americanas.

Saiba mais:

✔️O serviço, chamado ReachNow, oferecerá várias opções, incluindo aluguel de curto prazo, serviço de entregas, serviço de motorista ou aluguel de longo prazo.

✔️O compartilhamento de veículos também será disponibilizado para grupos fechados, como empresas ou complexos residenciais.

✔️Os donos de BMW ou Mini ainda poderão alugar os próprios carros, caso eles não estejam em uso, quando estão de férias, por exemplo.

✔️O custo será de US$ 0,49 por minuto de uso ou de US$ 0,30, se o carro estiver estacionado. Os valores incluem combustível, seguro, estacionamento, impostos e outras taxas, ou seja, não há nenhum custo adicional para usar.

✔️O cliente poderá fazer o cadastro por meio de um aplicativo no smartphone, que checa a carteira de habilitação por imagem. 

✔️Há uma taxa de US$ 29 para começar a usar o serviço.

✔️Os modelos disponíveis inicialmente são o elétrico i3, o 328i e o Mini Cooper.

O que isso sinaliza?

As montadoras multinacionais estão procurando alternativas para continuarem relevantes para uma geração de motoristas que cada vez mais preferem a conveniência de usar serviços de compartilhamento de veículos ou empresas de transportes urbanos.

Honestamente, espero que chegue aqui!

O Brasil já tem alguns serviços de compartilhamento de carros e cito os que já ouvi falar (embora nunca tenha usado).

  

O Fleety (@fleetyoficial) é um deles. Oferece carros de pessoas comuns e, mais ou menos como o site de aluguel de temporada @airbnb, tem filtros (Rack para bicicleta, espaço extra no porta-malas, direção hidráulica) e os preços são definidos pelo locador, numa negociação direta, intermediada pelo aplicativo. Funciona em Cutitiba, São Paulo, Florianópolis e Rio de Janeiro.

Procurei uma caminhonete (que me seria muito útil se pudesse alugar por hora), mas não achei. Pena! 

No entanto, para quem fica com o carro parado boa parte do dia, me parece que pode ser um ótimo negócio para complementar a renda. 

  
Outra opção de compartilhamento de veículos no Brasil é o Peg Car (@_pegcar). As ofertas trazem valores em diárias, como as locadoras de carro tradicionais. O sistema diz que é possível escolher se deseja alugar o carro por algumas horas do dia ou alguns dias da semana, mas os preços sugeridos são por dia.

O sistema é semelhante ao outro:

🚙

O proprietário (que vai deixar o carro disponível para locação):

✔️cadastra seu carro, incluindo características, fotos, localização e disponibilidade. Determina o preço que julgar adequado e basta esperar pelas solicitações de aluguel.

✔se solicitarem o carro, o proprietário será notificado por email e poderá aceitar ou rejeitar o potencial condutor. O Pegcar fornecerá o perfil completo do solicitante para auxiliá-lo no processo de decisão.

✔️Caso aceite a solicitação, o condutor irá encontrá-lo no local e horário combinados. ❗️Detalhe:

O sistema prevê que o proprietário circule com o condutor para ambos detectarem eventuais danos pré-existentes. Depois é só assinar a folha de vistoria padrão e entregar as chaves do carro. 👮🏻

O condutor (quem quer alugar um carro):

✔️Faz um cadastro pessoal com algumas informações pessoais e assim que for aprovado, está liberado para reservar um carro.

✔️Procura o melhor carro para sua necessidade, com um preço que cabe no bolso e com as características que precisar. Depois é só preencher os dados de pagamento e solicitar a reserva para o proprietário. 🚐🚙🚗🚕

Que carros são elegíveis?

Veículo de passeio ou utilitário leve (categoria B), em dia com todas as obrigações fiscais e administrativas, modelo inferior a 10 anos, valor do carro abaixo de R$70 mil com base na tabela FIPE, quilometragem inferior a 100 mil km, com seguro particular do carro, sem registro de sinistro na apólice de seguro vigente. 😉

Gosto de parte do slogan do Pegcar: coloque seu carro para trabalhar! Ao invés de deixar seu carro parado na garagem, faça dele uma fonte de renda adicional.
🚗🚕🚙🚐

Se algum leitor for usuário de um desses serviços, por favor, se apresente e conte pra nós 😉

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas