cidadania / mãe / social good
[update]

No domingo, 20/05/2012, Xuxa surpreendeu o Brasil todo confidenciando no Fantástico que sofreu abuso sexual durante parte da sua infância e adolescência. Esta exposição pode surpreender a alguns, mas para quem já sabia da sua participação ativa em movimentos como a campanha Carinho de Verdade contra a exploração sexual infantil foi um sinal de que, como vítima, ela está buscando a superação de seus traumas.

Este depoimento serve para nos lembrar do papel que cada um de nós tem de proteger a infância e zelar pelos menores que estão próximos de nós. Ser a vizinha intrometida, a tia chata ou o amigo que nota a tristeza no olhar de quem está passando por uma situação assim pode salvar vidas.

[/update]

Nesta quarta-feira, 18/05/2012, às 18h, acontece um Ato Público no Vão do MASP. Envolvidos estão num esquenta no Twitter e você pode ajudar usando a hashtag #quebreosilencio e falando a favor das crianças vítimas de violência sexual.

Vocês se lembram da menina que era explorada pela avó na novela Passione? Em 2010 as duas atrizes participaram da campanha Campanha Carinho de Verdade, mobilização nacional que convidava a sociedade a discutir a o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes brasileiros. O tema é árduo, eu sei, mas não devemos nos calar ou tapar olhos e ouvidos porque estas crianças e adolescentes precisam de todos nós para viverem em segurança.

Segundo dados do Disque 100, são realizadas cerca de 80 denúncias diárias no Brasil de abuso e exploração sexual de crianças e/ou adolescentes. Mas ainda não há dados oficiais sobre o número exato de meninas e meninos que vivem esta realidade no País porque tanto as vítimas quanto as testemunhas se calam.

E o que podemos fazer?

É importante ressaltar que cada cidadão tem papel fundamental na erradicação do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes em nossa sociedade. Não fique indiferente ao problema. Tenha uma atitude pró-ativa e ajude o Brasil a se livrar desse problema social que rouba a infância e adolescência de nossas crianças e jovens.

A apresentadora Xuxa é a madrinha do projeto e convida todos a agir: “As pessoas precisam saber, precisam conhecer, as pessoas precisam entender que isso existe. E que para deixar de existir a gente tem que saber que isso existe. E quando vir qualquer coisa desse tipo, denunciar, já é o primeiro passo”.

Existem diversas formas de você fazer parte dessa mobilização nacional e ajudar a combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes:

  • fale com seus amigos, parentes e colegas de trabalho
  • ajude a multiplicar as informações
  • participe de projetos sociais na sua comunidade, bairro ou cidade
  • participe de instituições como o Conselho Tutelar ou Conselhos de Defesa de Direitos de Crianças e Adolescentes em sua cidade
  • exerça controle social, fiscalizando as políticas públicas existentes e verificando se elas estão sendo efetivas na redução do problema
  • participe das redes sociais (Facebook, Twitter, Orkut etc.) que têm como foco o combate da violência sexual de crianças e adolescentes
  • organize debates em sua escola, local de trabalho, universidade
  • divulgue o www.carinhodeverdade.org.br, abrace a causa e seja mais um agente dessa mobilização nacional

Idealizado pelo Conselho Nacional do SESI, o Viravida é um projeto de Inserção social dirigido a adolescentes e jovens entre 16 e 21 anos em situação de exploração sexual. Seu público-beneficiário é constituído por meninos e meninas de famílias numerosas, com baixíssima renda que, em geral, apresentam déficit de escolaridade e uma história de vida marcada por privações, violência doméstica, abuso e exploração sexual. O projeto foi construído em sintonia com o Estatuto da Criança e do Adolescente e tem como foco a educação, a formação profissional e o atendimento psicossocial para recuperação de valores e de vínculos familiares. Os cursos profissionalizantes duram em média 12 meses e são planejados conforme a oferta de empregos de cada localidade. Criado em 2008 e implantado inicialmente em quatro capitais (CE, PE, RN E PA), o Viravida se destaca especialmente pela inserção dos alunos formados no mercado de trabalho.

Atualmente, o projeto está implantando em nove cidades e contabiliza 862 jovens atendidos, sendo que 403 encontram-se em sala de aula, 274 já estão inseridos no mercado de trabalho e 132 participam de processo seletivo. Com a perspectivade levar o Viravida a mais dez cidades. A meta é atender 1.600 alunos até ofinal de 2010. Um dos principais pilares de sustentação do projeto é a formaçãode uma rede de parceiros, que inclui SESI, SENAI, SENAC, SESC, SEBRAE e Sescoop, além de Ongs que atuam no enfrentamento da violência sexual infanto-juvenil, órgãos de governo, empresas públicas e privadas.

Posts relacionados:

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas