Cara Irlanda

Obra de Richard Redgrave, do Victoria and Albert Museum, Londres.

‘Cara’, assim mesmo, como se escreve e se fala, significa amigo, em gaélico, idioma oficial da Irlanda. Eu não sabia, descobri ao ler sobre o evento cultural que a Livraria Cultura promove neste sábado, 21/03, ainda como parte das  comemorações do St. Patrick’s Day. Nesta semana muitos espaços festejaram a amizade entre brasileiros e irlandeses.E a atividade deste sábado é para pais e filhos, contação da história ‘As viagens de Gulliver’, às 16h, na Livraria Cultura Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073 – Loja 151 – Artes – São Paulo-SP).

Você lembra da história? Eu recuperei no wikipedia e foi o suficiente para ter vontade de ler – assumo, não lembro mesmo se já li este livro, mas desde que @alessandro_M começou a escrever sobre ele, tenho pensado em ler.

As Viagens de Gulliver (Gulliver’s Travels) é um romance satírico escrito por Jonathan Swift em 1726. Isso mesmo, como aconteceu com outras obras antigas, ele não era exatamente para crianças. O livro conta o naufrágio do navio de Gulliver  e sua chegada uma ilha chamada Lilliput, que era habitada por pessoas extremamente pequenas e constantemente em guerra por futilidades. Os lilliputianos retratariam a realidade inglesa e francesa da época. Depois Gulliver conhece Brobdingnag, terra de gigantes onde todos eram gananciosos, numa metáfora com os aristocratas ingleses. A Royal Society (a administração inglesa na Irlanda) também é criticada através da descrição dos habitantes dos países por onde Gulliver passou. Já está surpreso? Pois no final Gulliver encontra Houyhnhm, uma raça de cavalos que possuía muita inteligência, mas que temia que alguém dos Yahoo (raça imperfeita de um tipo de “humanos”) se tornasse culto. Por fim Gulliver regressou a Inglaterra para ensinar aos outros as virtudes que aprendera com os Houyhnhm.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.