Quero conhecer as possibilidades do brincar com @avidaquer

[update]

Resultado do sorteio do livro Brincar, um bau de possibilidades: parabéns @_lusecco
Resultado do sorteio do livro Brincar, um bau de possibilidades: parabéns @_lusecco
[/update]

Brincar, um baú de possibilidades, livro que vou sortear hoje no @avidaquer

Na véspera deste feriadão delicioso, estive na Estação Júlio Prestes (um local lindo numa região assutadoramente acabada da cidade de São Paulo) acompanhando parte da premiação das escolas ligadas ao Programa Pelo Direito de Ser Criança. Fui recebida com uma obra que, ao primeiro olhar, me deixou com vontade de compartilhar com vocês, queridos leitores – e hoje farei sorteio de um exemplar entre os seguidores do blog no Twitter.

Normalmente acompanhamos pela mídia o lançamento de obras que pretendem trazer melhorias às comunidades, mas é raro que os resultados obtidos nos projetos sociais tenham o mesmo destaque que os lançamentos. Eles ficam lá, guardados, com sorte viram livros, mas raramente chegam à nós, cidadãos comuns, que podemos nos engajar e temos tanto a oferecer. Daí eu me entusiasmar com a possibilidade de dividir com vocês o livro Brincar, um baú de possibilidades, resultado das ações do Projeto Brincar na comunidade Heliópolis, mas também uma reflexão coletiva e multicisciplinar que valoriza a diversidade cultural e promove o reencontro com raízes, memórias e saberes.

"Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós" Manoel de Barros
“Que a importância de uma coisa há que ser medida pelo encantamento que a coisa produza em nós” Manoel de Barros

E para quem ficou curioso, comece vendo os princípios do projeto:

  • Valorização do brinquedo não-estruturado (como caixas, papelões, objetos naturais e reciclados)
  • Reconhecimento do potencial da aprendizagem pela experiência
  • Respeito ao tempo e autonomia da criança ao brincar
  • Envolvimento nas atividades das crianças

A obra, ricamente ilustrada com fotos e bibliografia, patrocinada pela marca dos selos #AquiSeBrinca e #AquiSeAprende, trata de algo mais profundo do que o sujar que faz bem, foca na capacidade criativa do ser humano e no brincar que se aprende brincando. Estou encantada com o livro e neste ponto de minha leitura eu o indicaria para professores (sem dúvida), mas igualmente para pais e mães, tios e avós, artistas e pessoas interessadas numa nova forma de reviver a infância.

"Só pode guardar o que for de amor", a evolução de Tereza, 5 anos, mostrada no livro Brincar, um baú de possibilidades - que sortearemos no @avidaquer www.avidaquer.com.br
“Só pode guardar o que for de amor”, a evolução de Tereza, 5 anos, mostrada no livro Brincar, um baú de possibilidades

Gostou?

Então basta tuitar algo sobre a ideia do brincar desestruturado (nem que seja dizer que está curioso porque não sabe direito do que se trata) sem esquecer de incluir o link e o @avidaquer, como, por exemplo, “Quero conhecer as possibilidades do brincar com @avidaquer

O sorteio será realizado amanhã pela manhã! Boa sorte!

Porque brincar é muito importante

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook