mãe

No artigo de Nutrição do Mãe com filhos desta semana havia uma equação interessante:

Criação de Equação saudável = alimentação equilibrada + atividade física

Ao ler as instruções explicando quantas calorias são gastas em brincadeiras infantis que foram tão comuns no meu cotidiano de criança e, infelizmente, não o são no cotidiano dos meus filhotes, senti uma dorzinha no coração. Você leitor também brincava na calçada na frente de casa (ou no quintal) com seus amigos sem nem pensar que aquilo era exercício? Eu era assim! Minha irmã Sheron e eu éramos craques em amarelinha, pular corda, rebolar no bambolê, pular elástico, sem falar nas horas que gastávamos com bicicleta e piscina. Tudo lazer, nada de aula disso, aula daquilo, academia. O que fazíamos com jeito de aula no primário era treinar três vezes por semana GRD (ginástica ritmica desportiva) e duas vezes por semana, no verão, quando clube estava aberto, natação. O resto era brincadeira de criança e até ler o artigo não tinha pensado no quanto fazíamos de atividade física.

Sem falar que nos intervalos das atividades, a gente comia frutas, bebia leite do sítio sem ser UHT, comia pão feito em casa…

“Alimentar-se bem e praticar atividades físicas é uma combinação perfeita para manter seu filho saudável. Além de manter a alimentação equilibrada, é importante que seu filho pratique alguma atividade física diariamente. Vale qualquer exercício físico como correr, pular corda, andar de bicicleta, jogar bola, entre outros.”

Eu estou empenhada em fazer esta realidade ser a dos meus filhos – e a minha também. Noto que, na minha geração, é cada mais comum ver pais assim e eu estou tentando aproveitar o estímulo de ter crianças comigo para voltar a me movimentar também. 😉

Estou participando de um desafio nutricional por 14 dias e isso tem me feito repensar muita coisa. Dá para parar meia hora e caminhar ao ar livre, então por que não fazê-lo? Meus filhos não precisam mais de mim para cuidar deles no parquinho, mas eu posso ir com eles e brincar de coisas que não podia antes, não é mesmo?

E aí, na sua casa, quais brincadeiras de criança os seus pequenos estão lhe convidando a fazer?

“Divirtam-se juntos! Façam atividades onde a família toda possa participar, dê preferência àquelas que acontecem ao ar livre! Os adultos também necessitam de pelo menos 30 minutos de atividade física. Incentive seu filho e seja um bom exemplo!”

É possivel ver no video como eu e o Gui temos tentado dar espaço para as crianças brincarem mais, né? E até fazemos uns exercícios com eles… mas dá dó de tanta regra!

Você pode gostar também de ler:
  Esse texto é para você, que assistiu o filme e está fritando para ler
Aziz e Fatima Ansari em Master of None No mês das
A gravidez na adolescência teve uma queda de 17% no Brasil segundo dados preliminares do
Estudo comprova que a necessidade evolutiva de proteger o bebê expande habilidades das mães Uma
Ali Wong - Baby cobra Nesse final de semana vi "Ali
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas