casa / destaque / relacionamentos

20130530-163652.jpg

A foto acima é um clique do meu marido, instantâneo do meu bolo de cenoura e abóbora esfriando no balcão da cozinha. Como já contei, eu comecei a aprender a cozinhar com 9 anos e meu primeiro objetivo era saber fazer bolo para poder “raspar” a bacia de bolo cru sozinha. Com o tempo e muito estimulo dos meus pais, avós e tios, descobri que gostava de fazer muito mais na cozinha, mas continuo gostando da comida simples do dia a dia. Falo brincando que sou “especialista em comfort food“, aquela comida que remete à infância e dá conforto emocional por sua simplicidade e despojamento.

Hoje, ao repostar a foto do bolo, falei da prática da terapia de cozinhar nos feriados.

Minha boloterapia é para aqueles momentos em que alguns coisa não acontece logo (ou como eu gostaria) e então eu misturo “ovos + açúcar + manteiga + farinha + fermento” e em poucos minutos tenho um resultado delicioso da minha capacidade de realizar coisas lindas do (quase) nada.

E ainda ganho um perfume de “comfort food” na casa inteira e pessoas sorridentes me elogiando!

Tem terapia melhor?

P.S. A receita do bolo tem no @cozinhaconversa. Normalmente cubro com chocolate meio amargo derretido, mas hoje fiz esta receita de infância (1 xícara de achocolatado, 1/2 xícara de açúcar, 4 colheres de manteiga e 1 colher de leite). E como usa pouco leite, da até para usar leite normal. Na massa do bolo eu costumo usar iogurte natural ou o leite sem lactose. 😉

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas