mãe


Passeando agora pelo Fragmentos, o post de hoje da Herika me lembrou do aniversário japonês do Gui há dez anos. Foi o bolo mais bonitinho que eu montei, comprei massa já assada, chantilly e morangos lindos no Jusco em Toyohashi e ficou uma gracinha. Era do tamanho de um prato de sobremesa! Hoje faço uns bem maiores, mas aquele ficou como o da vida japonesa a dois. Dá saudade de lá! E que vontade de comer bolo, porque na noite de domingo, dia das mães, fiz um lindo pro Enzo (com bolo bem escuro de chocolate, recheio de doce de leite caseiro e coco, umedecido com leite de coco adoçado e coberto com mousse de chocolate e brigadeiros) e não voltou nem um único pedaço para eu provar. 🙁 Vou contar, fiquei chateada prá caramba! E sem pique de fazer outro! :S

[update] Minha receita de bolo de chocolate ultra rápido virou post aqui. [/update]


Você pode gostar também de ler:
  Esse texto é para você, que assistiu o filme e está fritando para ler
Aziz e Fatima Ansari em Master of None No mês das
A gravidez na adolescência teve uma queda de 17% no Brasil segundo dados preliminares do
Estudo comprova que a necessidade evolutiva de proteger o bebê expande habilidades das mães Uma
Ali Wong - Baby cobra Nesse final de semana vi "Ali
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas