Blogs de crianças – e como eles estão vulneráveis online!

Ver para crescer e blogs de crianças em suplemento do jornal O Popular (de Goiás)

Há alguns dias um repórter de Goiás me procurou para falar sobre blogs de crianças. Para provar que o que postamos na internet não morre – mote da campanha da SaferNet neste ano, lembram-se? – ele chegou a mim por conta do painel Grande Rede, Pequenos Produtores, que moderei na Campus Party 2010. Mais de um ano e o assunto ainda está lá, vivo, forte, apesar dos “pequenos” daquele painel (@joaomontanaro e @joaquimloprete) já não serem pequenos e estarem ganhando o mundo como adolescentes produtores de conteúdo.

No papo eu falei sobre os cuidados que considero importante que a família adote ao liberar acesso à internet para os filhos produzirem conteúdo e para isso usei muito da minha experiência como mãe que incentiva os filhos a fazerem isso. O blog dos meninos, Ver Para Crescer, foi tão citado que eles acabaram sendo entrevistados remotamente, no vídeo que incorporo abaixo.

Estas crianças geeks, para as quais nem o céu é o limite, precisam de pais muito (mas muito) atentos e dispostos a aprender diariamente. Não é nada fácil acompanhar a curiosidade, as descobertas e os interesses deles, mas, parafraseando meu caçula no vídeo, é aí que a gente mostra se tem “raiz forte”. Nós somos as raízes que permitem que nossos filhos cresçam fortes e seguros, que não sejam tombados diante das dificuldades, mas ao mesmo tempo sejam maleáveis para “se vergar” como bambu diante do novo que ensina.

Nesta tarde estarei num encontro com representantes de um produto de segurança na web para famílias – Proteção da Família da IG/McFee – e com pais que se dispuseram a testar e a conversar coletivamente sobre o (controvertido) controle parental no uso da internet que, além de ferramentas e tecnologia, tem grande valor quando é exercido com a real presença dos pais no cotidiano dos filhos. Se vocês tiverem interesse ou quiserem fazer perguntas sobre o tema, por favor, deixem aqui ou façam pelo Twitter – eu farei a cobertura do encontro pelo Twitter do @avidaquer.

E se você conhece outros blogs de crianças, não se faça de rogado, indique aí para nós podermos conhecer e destacar estes pequenos (grandes) produtores de conteúdo.
😉

P.S. Ainda não vi o jornal, mas a querida @kitaferreira (do Inventando com a mamãe), que também foi entrevistada com a filha Ana Luiza, fez imagens para nós, estas que uso para ilustrar o post. Obrigada Chris. 😉

Ver para crescer e blogs de crianças em suplemento do jornal O Popular (de Goiás)

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook