cultura web

… porque há muita discussão sobre eles. O que me anima é que começo a ver também estudos sobre os blogs mídia social, como nos links que li hoje sobre a mídia social. Vi no Boombust uma entrevista do Wagner que faz parte do Blogumentário, um documentário gravado no Campus Party Brasil e que se propõe a mostrar o momento atual dos blogs no Brasil. Lembram-se que falei outro dia que vamos ser personagens históricos com nossos blogs atuais?

Por falar em história, o Intermezzo postou links para a dissertação do engenheiro Marcelo Sávio, defendida em setembro de 2006, na UFRJ. Interessante parar para pensar que, em 2006, um “monte” de coisas que vivemos hoje pareciam uma insanidade! Para vocês terem uma idéia, é desta época Segredos Públicos – Os blogs das mulheres do Brasil, um estudo da pesquisadora Luiza Lobo sobre o fenômeno da passagem do privado para o público em termos de confidências femininas. E nós já deixamos de usar blogs para contar segredos há um tempão!

blogs corporativosFoi do Imezzo – blog sobre comunicação e jornalismo no ciberespaço – em nota da Daniela que eu soube do lançamento do livro Blogs Corporativos – Modismo ou Tendência? O evento será na quinta-feira, 13/03, às 19h, na Livraria FNAC do Shopping Morumbi. A autora, Carolina Terra, mantém o blog RPalavreando que já me soou simpático porque tenho uma irmã RP (Relações Públicas) e cheguei a começar esta faculdade depois de terminar jornalismo (mas não aguentei as greves da UFPR e larguei). No entanto sei que RP é o comunicador corporativo, mesmo que nem sempre eles gostem desta pecha. Minha irmã aceita-a, tendo até se especializado na área. Sobre a pergunta que Carol deixa em aberto no título, voto na tendência. Como ela comentou no Imezzo, “desintermediação, imediatismo, bidirecionalidade das ferramentas de comunicação digital” são parte de um novo formato de comunicação pelo qual optamos dia a dia, num caminho sem volta.

Para completar, no Nossa Via, Alessandro Martins levanta um tema polêmico: Fim da neutralidade na Rede: você pode perder direitos. Vai lá para conferir!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas