destaque / entretenimento

Digite Blindspot em uma busca do Google e eis o que você vai encontrar de informações sobre o seriado:

“Misteriosa mulher é encontrada na Times Square, sem quaisquer lembranças de quem ela é e de como chegou ali. As únicas pistas que ela possui são as tatuagens que cobrem todo o seu corpo. Um agente do FBI passa a ajudá-la enquanto buscam a verdade.”

Eu JAMAIS começaria a assistir a série lendo essa descrição. Eu me interessei por Blindspot quando vi que cada tatuagem estava relacionada a um crime, daí minha curiosidade começou a aguçar um pouco. Comecei a ver propagandas no metrô e deixei o nome da série salvo na listinha de “séries para assistir” – lista que só cresce, aliás – e esqueci. Então uma amiga começou a falar super bem da trama e passei a assistir de vez quando meu marido engrenou uma maratona <3

Vai ser difícil fazer um texto sem spoilers, então vou dividir em duas partes, a primeira entra hoje e serve para tentar te convencer a assistir a série. Me conta nos comentários depois se deu certo.

Jaimie Alexander interpreta a mulher tatuada sem nome, que aparece nua na Times Square. Talvez você lembre da atriz se assistiu Thor, ela interpretou a Lady Sif no filme “Thor”. Jane Doe – expressão para “Fulana/Desconhecida” –  como passa a ser chamada a misteriosa mulher, tem o nome do agente Kurt Weller tatuado nas costas e por esse motivo ela é fica sob custódia do FBI. Os dois não se conhecem e a pergunta já vem: como raios uma mulher qualquer aparece com seu nome tatuado nas costas?

BLINDSPOT -- "Pilot" -- Pictured: Jaimie Alexander as Jane Doe -- (Photo by: Virginia Sherwood/NBC)

BLINDSPOT – “Pilot” – Pictured: Jaimie Alexander as Jane Doe – (Photo by: Virginia Sherwood/NBC)

O FBI tira fotos de todas as tatuagens da Jane  e coloca no sistema para ver se acha algo, afinal elas não fazem o menor sentido juntas, parecendo enigmas. Eu, particularmente, acredito que a trama começa a ficar mais legal a partir daí: as tatuagens começam a ajudar na solução de crimes. Jane mostra habilidades extraordinárias e o FBI passa a vê-la como um poderoso recurso.

Não, esse texto não tem MESMO spoilers, achei um trailer legendado da primeira temporada e mostra exatamente isso:

A Jane Doe fala outras línguas, sabe lutar, não tem lembrança nenhuma e ninguém parece saber se ela está do lado dos mocinhos ou vilões. Com a memória apagada: quem ela escolherá ser? E é sobre isso que o post da semana que vem vai falar 🙂

(Blindspot é uma produção da NBC, dos Estados Unidos e no Brasil você pode acompanhar pelo Canal Warner às terças à 0h20.)

The following two tabs change content below.
Sara Martinez, 30 anos, jornalista, cristã, “mãe” do cachorrinho Billy. Escreve sobre o amor que sente por São Paulo no @pelocentro, onde compartilha dicas da cidade juntamente com sua irmã. Gosta de desenhar palavras coloridas no @fasesinfrases. É maratonista profissional de seriados no Netflix, inscrita em mais canais do que consegue assistir no YouTube e leitora apaixonada. No Twitter e Instagram: @sarafcmartinez.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas