cidadania / destaque / educação
(Foto: ONU)

(Foto: ONU)

A ONU lançou um repositório de livros digitais que conta atualmente com cerca de 900 mil registros, uma plataforma que pretende ser o ponto de acesso global à informação das Nações Unidas, incluindo material histórico e registros contemporâneos.

A iniciativa é uma parceria entre a Biblioteca Dag Hammarskjöld das Nações Unidas e a Biblioteca do Escritório das Nações Unidas em Genebra.

A plataforma fornece acesso a materiais produzidos pela organização em formato digital e sem custo algum, e faz parte de um esforço de promover a transparência, o livre acesso à informação e a preservação do acervo documental da ONU.

A biblioteca foi desenvolvida por meio de tecnologia de código aberto pela Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) e engloba métricas de administração e de código aberto.

O sistema incorpora conteúdo apresentado em diversos bancos de dados autônomos, como o Sistema de Informação Bibliográfica da ONU (UNBISNET) e o Sistema de Documentos Oficiais das Nações Unidas. No total, são quase 900 mil registros, número que aumenta diariamente.

Entre os documentos disponíveis estão documentos oficiais da ONU e publicações de acesso público, discursos e dados de votações nos diferentes órgãos da organização, mapas, resoluções, atas de reuniões e uma diversa coleção de documentos institucionais.

A plataforma está disponível nos seis idiomas oficiais da organização, além de alguns outros não oficiais, em certos casos.

Para utilizar a Biblioteca Digital da ONU, os usuários devem acessar a página e fazer a busca utilizando os diferentes filtros, como tipo de documento ou órgão, agência ou organismo do Sistema ONU. O conteúdo também está disponível para download.

Acesse o repositório em https://digitallibrary.un.org.

Poer exemplo, eu busquei a palavra Woman e encontrei alguns eventos e propostas. Cliquei nos documentos da 4th World Conference on Women e da 23a assembleia geral, intitulada “Women 2000 : gender equality, development and peace for the 21st century“. O material poderia ser baixado em inglês, espanhol, francês, japonês, árabe e outro idioma que eu nem reconheci as letras (Русский).

Não há textos em português, mas há documentos sobre o Brasil e é possível se inscrever para receber alertas sobre os temas do seu interesse. Válido para entendermos e acompanharmos como nos veem fora 😉

biblioteca-de-download-gratuito-da-onu

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas