Basta ser o colo que acolhe



Assim que abri o Twitbin hoje vi uma mensagem do @msoma contando que o filho mais novo lhe deu um desenho feito na escola com um poema de Cora Coralina. Googlei o excerto que ele twittou e olhem o que achei:

Saber Viver
Cora Coralina

Não sei… Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura… Enquanto durar

The following two tabs change content below.
Jornalista, blogueira, casada com @gnsbrasil, @maecomfilhos de 3!, consumidora de cultura, tecedora de redes em mídias sociais, empreendedora na @otagaissama. Voluntária desde os 8 anos, praticante de boloterapia desde os 9, entusiasta e praticante do aleitamento materno como #maede3, acredita no poder das mídias sociais para promover o bem no estilo #socialgood e adota uma vida material minimalista.
Tags: dia dos pais,

Comente, compartilhe! ;)

  • http://polvoracomunicacao.com.br mario soma

    Sami, que coisa linda, não? São essas atitudes que me deixam felizes de estar inserido na midia social. Um pedacinho bonito se torna algo ainda mais lindo e completo. Parabéns pela iniciativa!

  • http://avidaquer.com.br Sam Shiraishi

    Soma
    eu sempre fui uma pessoa que pesquisa, compartilha e perturba divulgando o que acha bom e por isso o blog caiu como uma luva para mim. E sim, sou uma entusiasta da blogosfera e das redes sociais e fico feliz por estar vivendo este momento também.:)
    Abraços
    Sam

  • http://luciaitamara.wordpress.com LUCIA ITAMARA

    Gui, meu filho, queria ter escrito antes, mas o dia foi meio corridinho, porém não podia deixar que terminasse sem falar-lhe que tenho muito orgulho de você, meu genro no. 1, (como se diz em nihongô, nissan) mais do que tudo por constatar durante todo o tempo, namoro, noivado, casamento, que você foi firme, digno, solícito, sensível, generoso, marido fiel, compreensivo e amoroso e um pai excepcional. Dedicado, gentil, paciente.
    Hoje, no culto na Igreja, os pequeninos fizeram uma apresentação em homenagem aos pais e trazendo à figura do pai, como o herói dos filhos, reconhecem-lhe 7 atributos: amigo, verdade (caráter), consolo, tolerância, sabedoria, coragem e amor. O Edson estava comigo e recebeu lá a homenagem e eu gostaria de transferir também a você, essa condição que por certo o coraçãozinho puro e amoroso dos tesouros que vocês trouxeram ao mundo e que são a nossa alegria, reconhecem com entusiasmo e devoção sincero no seu “pai herói”, Você.
    Neste dia então peço a Deus que o abençõe e guarde, que o Senhor faça resplandecer o Seu rosto sobre você e tenha misericórdia, que o Senhor levante sobre você o Seu rosto e lhe dê a Paz.
    Oro para que o Senhor lhe conceda a Sabedoria de que necessita para continuar sendo o pai, o marido e a pessoa maravilhosa que é, que Êle lhe dê provisão, proteção e direção, sempre . Um abraço carinhoso da sua sogra.

  • Eduarda Maria

    Foi exactamente este poema belissimo, junto com um desenho,que o meu filho ofereceu à sua educadora no 1º dia de colegio. Porém, lamentavelmente, esta não teve, não tem e talvez nunca virá a ter sensibilidade para o “absorver”. Enfim…
    É maravilho!
    Eduarda